Vendas de veículos crescem 21% em março




Em março, foram emplacados 483.643 veículos – dentre os quais estão automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários, entre outros – o que representou uma alta de 21,02% sobre as 399.655 unidades alcançadas em fevereiro. As vendas também subiram em relação a igual período do ano passado, incremento de 0,08%. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Apesar do desempenho, segundo Flávio Meneghetti, presidente da entidade, deve se ressaltar que, “ao compararmos os resultados da média diária de vendas entre os meses de março 2012 e 2011, notamos que houve queda de 6,05% nas vendas de automóveis e comerciais leves”.

O executivo explica que a alta da inadimplência, que chegou a 5,5% em fevereiro, fez com que as concessões de crédito ficassem mais restritivas pelas instituições financeiras, impactando nos emplacamentos. “Esta restrição no cadastro gera queda nas vendas, por isso, a média diária foi menor de um ano para outro. Essa situação nos preocupa, pois pode afetar a expansão esperada para o ano”, avalia Meneghetti, que acredita que no fim do primeiro semestre a inadimplência deve cair.

As vendas de caminhões foram beneficiadas pelo maior número de dias úteis (o carnaval foi em março no ano passado) e fecharam o mês, com alta de 22,15%, em relação a fevereiro, com 13.309 emplacamentos. No entanto, no comparativo, com o mesmo período de 2011, quando foram licenciados 14.488, houve queda de 8,14%.

Assim como o segmento de caminhões, o de automóveis e comerciais leves apresentou alta sobre fevereiro (20,46% com 284.166 licenciamentos) e queda (1,58%) sobre março do ano passado.

Já o comércio de ônibus ascendeu 14,13%, em março, em relação ao mês anterior, com 3.117 unidades vendidas contra 2.731. Diferentemente de caminhões e automóveis, o segmento apresentou crescimento também sobre igual período do ano passado, alta de 6,53%.

Embora tenha registrado, no mês passado, queda nas vendas diárias em alguns setores, a Fenabrave mantém as perspectivas para 2012, com um crescimento de 5,76%, totalizando 5.890.733 milhões de licenciamento. Desta quantia, automóveis e comerciais leves devem responder por 3.579.699 milhões de unidades, alta de 4,5% sobre 2011; caminhões apresentarão 189.235 emplacamentos e evolução de 9,6%; já os ônibus terão 39.718 mil unidades vendidas e incremento de 14,3%.

Fonte: Webtranspo




Deixe sua opinião sobre o assunto!