Scania Streamline – poupar até 8% de combustível com estilo

12496-004




Scania Streamline é o nome dos novos caminhões de longo curso das séries G e R da Scania, otimizados para um baixo consumo de combustível, com um novo coeficiente de baixa resistência aerodinâmica e conjuntos completos de defletores de ar.

Uma nova versão do Scania Opticruise apresenta uma seleção de modos de desempenho. Para maximizar a economia de combustível, o novo modo Economia está totalmente integrado no sistema de Antecipação Ativa Scania.

As potenciais economias de combustível nos caminhões de longo curso são de 5 a 8 %, com os novos e mais eficientes motores Euro 6 de segunda geração. As poupanças correspondentes para os motores Euro 3/4/5 são de 3 a 5 %.

banner-blogdocaminhoneiro

Os novos serviços destinam-se a ajudar os motoristas e os operadores, no seu trabalho diário, assim como a interagir com a oficina. Para aumentar o tempo de atividade e reduzir o tempo necessário de uma ida à oficina, as oficinas Scania podem agora ter acesso ao download remoto de dados de diagnóstico.

Henrik Henriksson, Vice-Presidente Executivo e responsável pelas vendas e marketing da Scania: “A Scania tem investido muito em criatividade e know-how para aperfeiçoar a gama de caminhões para os motores Euro 6 e estamos muito satisfeitos com os resultados.

Notamos com orgulho que os nossos motores Euro 6 consomem menos combustível do que os seus antecessores Euro 5 operados pelos nossos clientes – e os motores Euro 6 mais recentes são ainda melhores.

“A preocupação de longo prazo da Scania na economia de combustível tem tido resultados excelentes e os nossos clientes podem ter a certeza de que fazemos o nosso melhor para mantê-los competitivos no negócio dos transportes.”

Lars Stenqvist, Vice-Presidente Sênior da Definição de Veículos, resume as poupanças potenciais: “Os novos motores Scania Euro 6, de 13 litros, de segunda geração são 2 a 3 % mais econômicos do que os primeiros. O Scania Opticruise e a Antecipação Ativa Scania contribuem com 2 a 3 % cada. Além disso, melhoramos a aerodinâmica e reduzimos a resistência na caixa de velocidades. Mesmo assim, não basta somar os números; estimamos que o potencial de poupança para um cliente europeu com um caminhão de longo curso, equipado com um motor Euro 6, possa atingir os 8 %. Para os clientes nos mercados sem acesso aos dados dos mapas topográficos, o potencial de poupança aproxima-se dos 5 %.”

A Scania aperfeiçoou ainda mais o seu sistema de fluxo de ar na frente e laterais das cabines dos caminhões das séries G e R, a fim de diminuir o esforço e reduzir o consumo de combustível. Além disso, a pala de sol foi redesenhada, um melhor fluxo de ar e todo um novo conjunto de luzes auxiliares opcionais, fazem agora parte do equipamento de todas as cabines. Uma nova gama de bancos de primeira qualidade e as novas cores dos acabamentos interiores aumentam o conforto e o bem-estar de motoristas e passageiros.

Limar arestas

Os especialistas em aerodinâmica da Scania olharam mais atentamente para todas as áreas em que seria possível melhorar a produtividade e o consumo. Apesar do fato de as séries G e R da Scania serem duas das gamas de caminhões mais aerodinâmicas do mercado, surgiram áreas em que a resistência ao ar poderia ser ainda significativamente reduzida.

As alterações passam por atenuar as arestas da cabine, para diminuir ao mínimo a resistência dos painéis laterais da cabine ao fluxo de ar. Porém, é necessária alguma turbulência para manter a sujidade e os salpicos longe do manípulo da porta. A solução foi um rebordo defletor, patenteado, imediatamente acima dos faróis. Este rebordo defletor inclui uma calha que faz gerar a quantidade certa de agitação e expele a água.

A equipa de design da Scania aceitou o desafio e deu à cabine um aspeto moderno e inovador, que combina na perfeição com a forma básica da cabine. O rebordo defletor está adaptado às diferentes alturas das cabines dos caminhões das séries G e R. Nos caminhões V8, este rebordo tem inserido um friso cromado, que complementa os restantes pontos fortes do estilo V8.

O ar entra acima da unidade de iluminação e é forçado a circular, criando uma barreira contra os salpicos.

Teto aerodinâmico

A nova pala de sol também ajuda a controlar o fluxo de ar e confere um maior requinte ao aspeto da cabine. Todos os equipamentos foram alvo de atenção, incluindo os refletores integrados e os LED de presença.

Os novos refletores não são apenas elegantes – eles também apresentam um feixe de luz com um estilo melhorado, mais relaxante, tanto perto do caminhão como a uma distância maior. As extremidades das palas de sol foram abertas, de modo a permitir a saída do ar pelos lados da cabine, uma mudança que serve igualmente para reduzir o ruído provocado pelo vento.

Aerodinâmica requintada

O novo tratamento aerodinâmico das arestas, tal como as palas de sol, contribuem para reduzir o consumo de combustível, quando circulam a velocidade de cruzeiro, até 1 % nos caminhões Scania das séries G e R. Estas alterações de estilo não estão incorporadas nos caminhões da série P, uma vez que as vantagens aerodinâmicas são aplicáveis em menor medida a esta gama de cabines de montagem inferior.

Novas luzes

Outras alterações de estilo na parte frontal das cabines incluem os novos conjuntos de faróis, com novos aros, indicadores LED e luzes de circulação diurna. As opções de luzes incluem H4, H7 e Xénon, sendo H7 a luz de fábrica nas séries G e R na Europa.

Foram igualmente introduzidos os novos e únicos LED traseiros e as luzes-piloto, cujo formato imita as luzes dianteiras Scania e que proporcionam uma economia extra de combustível de 30 litros/ano, assim como um maior período de tempo sem recurso à oficina e uma maior fiabilidade.

Resumo das características do Scania Streamline

Scania Streamline é o nome dado aos tratores e caminhões rígidos das séries G e R equipados de fábrica com o pacote completo de defletores de ar. As especificações padrão para o mercado europeu incluem os seguintes itens:

• Scania Opticruise, com embreagem automática, uma seleção de três modos de desempenho à escolha e outras opções de poupança de combustível
• Previsão Ativa Scania
• Faróis H7
• Marcação do distintivo e das cores Scania Streamline (opcional)
• Nova cor azul metalizado, Ocean Blue, disponível de fábrica, utilizada como a cor de lançamento para o Scania Streamline
• Fecho centralizado
• Cama extensível (em todas as cabines R com cama)

Uma nova versão do Scania Ecocruise é equipada de fábrica nos mercados onde não existem dados do mapa topográfico disponíveis. O sistema está integrado no modo Economia, do Scania Opticruise.

Mais conforto em todos os aspectos

No âmbito da política de contínuo aperfeiçoamento dos produtos Scania, os clientes têm acesso a uma nova gama de bancos de primeira qualidade, concebidos especificamente para a marca, e que representam o que há de mais recente em material para o conforto dos caminhões. As melhorias na cabine incluem novos estofados e esquemas de cores mais selecionadas nos acabamentos, de modo a criar uma atmosfera mais calma na zona de dormir, assim como um aparelho de rádio com sistema de navegação (GPS), Bluetooth e USB.

Bancos Scania de primeira qualidade

Aliada à típica ergonomia Scania, a empresa desenvolveu uma nova linha de assentos de alta qualidade, que proporcionam máxima comodidade e conforto. Estes assentos têm um design exclusivo da Scania, produzidos pela Recaro.

Com um modelo de tecnologia avançada, e uma seleção criteriosa dos tecidos, os novos estofados condizem com o restante equipamento do interior da cabine. A ergonomia foi revista, há novos controles fáceis de compreender, símbolos luminosos para um acesso simplificado no escuro. Os assentos são facilmente reguláveis em todas as direções e estão disponíveis com um sistema de ventilação em duas fases. O encosto do banco é amplo e o apoio lombar é suficientemente saliente para um maior conforto.

Novos estofados

Aliados à introdução da nova gama de assentos, os esquemas de cores do interior da cabine foram revistos, por forma a proporcionar novas opções e um aspecto mais fresco. Para os estofados existe uma versão tipo veludo e outra de couro, em cor de areia e escuro.

Os painéis laterais e o teto da cabine são de um novo material, sendo introduzido um sombreado mais escuro nas paredes da zona de dormir, a fim de criar um ambiente mais suave. A gama Scania Streamline inclui também tiras especiais no painel e na soleira dos degraus.

Cama padrão nas cabines da série R

A cama extensível da Scania, com um colchão extra-espesso de molas, proporciona um conforto excecional e é equipada de fábrica nas cabines leito dos caminhões Scania da série R.

A cama pode ser puxada em toda a sua extensão, mesmo que o motorista esteja sentado nela. O conforto durante o sono pode ser facilmente adaptado às necessidades de cada um, sem ocupar o espaço altamente ajustável reservado ao condutor. A largura da cama pode ser ajustada de 730 até 900 mm. O ajustamento da cama em largura também pode ser utilizado para regular a suavidade do colchão.

Rádio com navegação

O novo sistema áudio da Scania, apresentado pela primeira vez no IAA 2012, está disponível com sistema de navegação (GPS) opcional, drive para CD, ligação telefônica Bluetooth, AUX, USB e uma entrada para cartão SD de memória, que é também utilizada para atualizar os dados de navegação. Por CD ou USB é possível fazer outras atualizações. O sistema é compatível com formatos áudio comprimidos, como MP3, sendo também possível o streaming a partir de uma fonte externa. É igualmente possível ligar um subwoofer ao sistema.

Para além da informação de GPS e áudio, a tela pode ser utilizada para visualizar imagens de até seis câmaras, utilizando uma caixa de funções.

Novo sistema de controle da suspensão pneumática

Para a suspensão pneumática é introduzido um novo sistema eletrônico de controle de nível. O novo controle remoto, com quatro botões de memória, permite dois tipos de desempenho – básico e rápido – sendo o último adequado para aplicações que requerem um funcionamento frequente do sistema de suspensão pneumática.

Uma outra novidade é a função de movimentação de carga. A transferência de carga é introduzida entre os eixos do rodado triplo. Trata-se de um processo em duas fases, sendo a primeira a transferência do eixo de apoio para os eixos do rodado, a fim de proporcionar uma tração extra.

Pacotes de extras

Aliado ao lançamento do Scania Streamline, a Scania apresenta uma gama de pacotes de equipamento para diversos fins.

Pacote Condutor

• Banco especial do condutor, com apoios de braços, amortecedor ajustável e almofada de aquecimento

• Volante de couro

• Rádio com comandos no volante e ligação telefônica Bluetooth

Pacote Prestige

• Cor + instrumentos centrais

• Ventilação no assento

• Controle de climatização eletrônico

• Janelas das portas com vidros duplos

Pacote Iluminação

• Faróis de xénon

• Limpeza das lâmpadas dos faróis por alta pressão

• Faróis de nevoeiro e farolete no pára-choques

• Luzes traseiras em LED

Pacote Estilo

• Pintura metalizada com acabamento claro

• Peças do chassis na cor da cabine

• Adesivos e faixas frontais Scania Streamline

• Tira decorativa em dourado esbatido no painel

• Tira lateral preta decalcada para contraste

Pacote Conforto

• Espaço de arrumação externa de ambos os lados

• Espaço de arrumação na zona da couchette, de ambos os lados, mesa rebatível do lado do passageiro

• Tapetes de proteção da areia ou da sujidade para o pavimento e o centro da cabine

Pacote Couro

• Estofos de couro em cor de areia ou preto, em ambos os assentos

• Painéis das portas em couro preto

• Tira decorativa no painel em dourado esbatido ou cromo escuro

Pacote couro V8

• Estofos de couro com pontos em cinzento no V8

• Volante de couro preto, com pontos cinzentos

• Painéis das portas em couro preto

• Tapete do pavimento central do V8 em couro preto com pontos cinzentos

• Tira decorativa no painel em dourado esbatido ou cromo escuro

A herança Scania Stramline

No âmbito do seu 100.º Aniversário, em 1991, a Scania lançou uma gama de novos produtos, que estabelece as tendências para os anos futuros. O que teve maior impacto foi o Scania Streamline, que é um caminhão Scania da série 3, mas com um novo estilo, ao qual foi dada atenção especial à circulação de ar e à aerodinâmica, nas cabines da série R de montagem alta.

O fator resistência foi reduzido em 12 a 15 % e o consumo de combustível em 4 a 5%. O Scania Streamline foi pioneiro e rapidamente transformou o seu estatuto num verdadeiro culto entre os fãs dos caminhões, em toda a Europa. Esse estatuto especial reflete-se também no elevado número de caminhões Streamline Scania R113 e R143, já com 20 anos, mas que mantêm um aspeto extraordinariamente jovem, e que ainda hoje circulam diariamente pelas estradas da Europa.

Concebidos originalmente para otimizar a economia de combustível no longo-curso – ou seja, nas unidades de tração da série R, com cama – estes limites de especificações foram sendo gradualmente atenuados, a fim de permitir que o tratamento frontal aliado ao Streamline fosse especificado para praticamente qualquer tipo de
operação, em qualquer cabine da série R, comercializada nessa altura – curta, com cama ou Topline. O Scania Streamline da série 3 continuou a ser produzido até à introdução da série 4 da Scania, em 1995, com uma aerodinâmica melhorada.

Nota nostálgica

O lançamento do Scania Streamline, em 1991, inaugurou uma tendência para caminhões pesados mais aerodinâmicos. O lançamento ‘do século’ da Scania incluiu diversas inovações técnicas significativas. Foi introduzida uma gama completa de motores Euro 1, que se antecipou à legislação. Os motores de turbina de compressão escalonada surgiram com os motores de 11 litros e 400 Cv. O motor V8 de 14,2 litros surgiu numa versão de 500 Cv. Foi então lançada uma nova geração de caixas de velocidades (com 8, 9, 12 e 14 velocidades, com e sem engrenagem de lagartas). Estas caixas de velocidades abriram caminho a outras duas inovações da Scania, que se transformaram em verdadeiras referências do setor durante os anos seguintes: o Scania Retarder, que surgiu em 1993, equipando um sistema integrado de travagem com comando automático de velocidade em declive, quer com o auxílio do pedal do freio ou da alavanca no painel. A caixa de velocidades automática constituiu um significativo passo em frente com o Scania Opticruise, lançado em conjunto com a série 4 da Scania, em 1995.

Fonte: Scania





coments