Chassi O 500 da Mercedes-Benz assegura robustez e resistência ao primeiro ônibus articulado do mundo movido a baterias

Onibus articulado Mercedes-Benz Metra




A Mercedes-Benz do Brasil – centro mundial de competência da Daimler para desenvolvimento e produção de chassis de ônibus e líder de mercado do segmento – tem presença muito importante numa experiência pioneira no País: o E-Bus, veículo montado sobre o chassi articulado O 500 UA de piso baixo. Este é o primeiro ônibus articulado do mundo totalmente elétrico, com 18 metros de comprimento e movido 100% a baterias, que encontra-se em fase de testes com passageiros na região Metropolitana de São Paulo.

“Nossa participação no E-Bus ressalta a versatilidade do chassi O 500 no transporte coletivo urbano, cuja qualidade, eficiência e rentabilidade já são amplamente reconhecidas em ônibus padron com carroçaria até 13,2 metros de comprimento, nos articulados de 18 metros e nos superarticulados de 23 metros para mais de 200 passageiros”, diz Ricardo Silva, diretor geral de Ônibus América Latina da Mercedes-Benz. “Mais uma vez, estamos oferecendo uma solução eficaz para novas demandas dos nossos clientes”.

A versatilidade do chassi O 500 da Mercedes-Benz ganha mais evidência a partir do desenvolvimento, testes e utilização de trações e combustíveis alternativos ao diesel de petróleo. O foco é a redução de consumo e de emissão de poluentes, mantendo a rentabilidade do cliente, melhorando a qualidade do ar e preservando o meio ambiente.

Com base na competência, experiência e conhecimento de seu Centro de Desenvolvimento Tecnógico, a Mercedes-Benz é pioneira no uso de biodiesel e diesel de cana em veículos comerciais e vem realizando testes com o motor bicombustível Diesel+GNV em ônibus urbanos. Além disso, tem parcerias bem sucedidas com a Eletra em veículos como o HíbridoBR, o trólebus e, agora, o E-Bus.

De acordo com Ricardo Silva, o desenvolvimento do E-Bus a partir do chassi O 500 articulado reforça também a presença da Mercedes-Benz na geração de soluções para a mobilidade urbana. “Este modelo de veículo, juntamente com o superaticulado O 500, tem se mostrado ideal para os corredores exclusivos e o BRT (Bus Rapid Transit), sistemas em expansão no Brasil, especialmente em cidades de médio e grande porte e nas capitais que serão sedes da Copa do Mundo deste ano e das Olimpíadas de 2016”, diz ele.

O E-Bus é fruto de parceria da Eletra, empresa brasileira especializada em veículos de transporte urbano com tração elétrica, com a Mitsubishi Heavy Industries e a Mitsubishi Corporation. Com carroçaria Induscar/Caio e motor elétrico WEG, o veículo é equipado com ar condicionado e tem capacidade para 150 passageiros.

Mercedes-Benz lidera as vendas de articulados no Brasil

Onibus articulado Mercedes-Benz MetraA Mercedes-Benz lidera amplamente as vendas desse subsegmento de ônibus. Em 2013, entre articulados e superarticulados da linha O 500, foram emplacadas mais de 350 unidades no País, o que significa uma participação superior a 90% do mercado total. A Mercedes-Benz oferece quatro opções de escolha para clientes desse subsegmento de ônibus: os articulados O 500 MA e UA (piso baixo) e os superarticulados O 500 MDA e UDA (piso baixo).

Os modelos O 500 UA e UDA são indicados para pontos de embarque ao nível da calçada. Já os O 500 MA e MDA são adequados a corredores que utilizam plataformas de embarque elevadas. Todos os chassis articulados Mercedes-Benz são indicados para corredores exclusivos e BRT, ficando a cargo dos gestores e operadores a escolha do modelo que melhor atenda ao dimensionamento da capacidade do seu sistema de transporte.

Fonte: Mercedes-Benz




Deixe sua opinião sobre o assunto!