Governo encerra operações de travessia na BR-364

BR-364 - Acre




O governador Tião Viana anunciou na manhã desta terça-feira, 22, o fim das operações do governo do Estado nos trechos da BR-364 em Rondônia atingidos pela cheia histórica do Rio Madeira que chegou a alcançar 19,74 metros. Cerca de 50 homens do Corpo de Bombeiros e do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) estiveram presentes nos três trechos alagados, fazendo a travessia de veículos de carga para manter o abastecimento do estado.

Agora, com a baixa do rio, o governo encerra suas operações e o Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) assume a reconstrução da estrada. Segundo o governador Tião Viana, só na segunda-feira, 21, cerca de 250 veículos de carga percorreram a estrada. A BR-364 já está aberta para carros de passeio e ônibus de passageiros. A partir de amanhã, 23, caminhões do tipo “cegonha” voltam a circular pela estrada.

“Nossa última missão nos trechos foi a travessia de uma caldeira que será implantada no Complexo de Piscicultura. Devido a variação de peso da caldeira, esse foi um deslocamento de alto risco. Agora a responsabilidade de tudo na rodovia é do Dnit”, conta o assessor especial do governo, Carlos Rebelo, que esteve a frente das operações nos pontos de alagação.

Só de bombeiros, 41 estiveram presentes nos trechos alagados. O governo prepara uma homenagem para todos que realizaram essas grandes ações para manter o Acre abastecido perante a maior cheia do Madeira. Além do esforço acreano, o governador também reconhece o apoio imprescindível do Dnit, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil de Rondônia e os consórcios que administram as hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, principalmente em equipamentos e logística.

Fonte: Agência de Notícias do Acre




Deixe sua opinião sobre o assunto!