Vendas de implementos rodoviários recuam no primeiro trimestre do ano

librelato




As vendas de implementos rodoviários no primeiro trimestre de 2014 registraram queda de 5,41%. O resultado preocupa a indústria produtora.

Segundo Alcides Braga, presidente da Anfir, o recuo aconteceu antes de o mercado passar pelos principais eventos do calendário como a Copa do Mundo e as eleições.

“Assim se não houver nenhuma alteração no ritmo da economia ou não for concedido nenhum incentivo ao mercado para estimular os negócios estimamos que a queda poderá ser superior aos 5% previstos em fevereiro”, afirma.

O primeiro bimestre terminou com crescimento zero, mas a entidade advertiu na ocasião que o resultado havia sido mascarado pela transferência de contratos de venda de produtos.

Os meses de janeiro e fevereiro tiveram resultados artificialmente elevados por conta das vendas que foram feitas com os processos de pedido de financiamento que deram entrada no BNDES em novembro e dezembro.

O presidente da Anfir espera que os negócios motivados pela Copa do Mundo aliados à perspectiva de safra agrícola superior ao último exercício possam servir para reduzir um pouco o impacto negativo nos negócios.

O segmento Pesado (Reboques e Semirreboques) apresentou vendas 5,39% menores no primeiro trimestre desse ano com relação ao mesmo período de 2013. De janeiro a março foram comercializados 13.950 unidades ante 14.744 no primeiro trimestre de 2013.

No setor Leve (Carroceria sobre chassis) a queda foi de 5,42%. As vendas de produtos no período foram de 22.589 unidades, contra 23.883 apuradas no mesmo período de 2013.

Fonte: Anfir




Deixe sua opinião sobre o assunto!