Apta financia 100% caminhões MAN TGX

man-tgx-produzido-no-brasil




A Apta Caminhões e Ônibus, com unidades em São Bernardo do Campo e também no litoral paulista, oferece aos seus clientes caminhões MAN/TGX 100% financiados em parceria com o Banco Volkswagen. A diretoria da concessionária especializada MAN/Volkswagen, considera que a medida trará mais vantagens para o transportador autônomo e empresários do setor de transporte de carga. Com o financiamento, o cliente não precisará dispor de todo o seu capital.

As taxas para este plano são promocionais, de 0,59% ao mês, valor que contempla uma porcentagem subsidiada pela montadora. A medida é válida para pedidos realizados até 31 de agosto de 2014.

Na concessionária, os clientes serão atendidos por profissionais capacitados e treinados por consultores técnicos e poderão conferir as taxas e condições especiais para esta ação que envolve BNDES Finame 80% e CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

A outra novidade fica por conta de mais uma conquista no plano de nacionalização das peças. A partir de agora, toda linha TGX está aprovada para venda por meio do BNDES Finame com direito a 80% da regra vigente para o programa Finame PSI. As condições são válidas para os caminhões MAN TGX 28.440 e MAN TGX 29.440.

A segunda opção é o financiamento do produto por meio do BNDES Finame, subsidiado pelo BNDES e também pela montadora, com taxa de 0,49% ao mês. Este é mais um produto desenvolvido em parceria com o Banco Volkswagen e envolve BNDES Finame 80%, CDC para financiamento da parte não contemplada pelo BNDES Finame garantindo a entrada de 10% em cima do valor do produto, isto tudo para que o cliente possa adquirir o TGX nas mesmas condições financeiras dos demais produtos que já possuem direito a 100% da regra do Finame PSI.

Além destas condições de financiamento, os clientes podem optar pela aquisição de cotas de consórcio, que não exige entrada e contempla entregas antecipadas e programadas e está disponível para empresas de todos os portes, administrado pelo consórcio Apta.

Fonte: Apta Caminhões




Deixe sua opinião sobre o assunto!