Renegados pelo mercado, barganhas ou não! [Melhores a se comprar]

Cópia de Eduardo Oliveira - Itapecerica da Serra-SP -




Continuando a série de textos falando sobre melhores caminhões a se comprar, hoje vamos falar de caminhões diferentes. Das barganhas do mercado de caminhões pesados, aqueles caminhões que não tem uma procura muito grande, comercio fraco, seja por conta da sua marca que não tem tanto respaldo, um motor que não foi aprovado pelos clientes, entre outros detalhes.

Iveco Stralis:

bagatela!
bagatela!

Logo quando foi lançado o programa Pró caminhoneiro pelo governo federal o caminhão que eu me lembro que mais vendeu nos primeiros meses foi o Iveco Stralis, com seu novo modelo, todo redondo e moderno. Vendeu por ser um caminhão com um preço bem a baixo que os outros na época, e porque as propostas das revendedoras eram as melhores. Porém o tempo passa e os pesares vão aparecendo, o Stralis ganhou fama de beberrão e problemático depois dos primeiros 2 anos de uso. Com isso e mais alguns defeitinhos esse caminhão foi perdendo seu valor, hoje pode-se encontrar exemplares até 2010 por menos de 150 mil reais. Barganha? Será?

VW com 5° roda.

mais barato que muito 112H por ai!
mais barato que muito 112H por ai!

O bob esponja com quinta roda, ou o “quinem” eram a saída pra muitos caminhoneiros que não tinham grande potencial de aquisição até o ano de 2007. Depois disso ficou fácil comprar caminhão, então esses primeiro modelos como o Titan são encontrados a troco de pamonha (mentira) em estacionamentos, principalmente na grande são Paulo onde existe grande fluxo e baús. Então se você precisa de um caminhão barato, e tem paciência, não para  procurar, para subir serra mesmo, ta ai uma barganha!

Axor 2040 e 2044 de 2006 a 2008.

mula
mula

Existem certos detalhes que “matam” certos caminhões no mercado, o Axor tinha tudo pra ser um caminhão de meter medo na concorrência, mas não foi bem assim, um mero detalhe chamado “entre eixos” que afeta toda a estrutura e conforto do caminhão foi um dos responsáveis (além do alto consumo de combustível) pela baixa expressividade desses caminhões no mercado dessa época. Tanto que seu conforto, ou falta dele, lhe fizeram herdar o apelido do seu “pai” 1935 de Mula. A MB se não me engano sanou o erro, mas ainda esses caminhões não são tão bem aceitos no mercado até hoje.

Scania 440 e 470 (os Turbocoumpound)

anuncio scania

Em 2007 junto com o lançamento das novas linhas P,G e R a scania lançou 2 motores na época que continham uma tecnologia até então pouco vista nos caminhões, um sistema com 2 turbinas que reaproveitava os gazes saídos da câmara de combustão para girar o volante do motor (algo bem mais complexo, mas resumindo é isso) que gerava mais potencia. Lembro até hoje qual foi a palavra que o sujeito que estava la apresentando me disse “Esse sistema é o novo intercooler”. Querendo dizer que ele ia revolucionar o mercado assim como o intercooler revolucionou nos anos 70/80. Bom se fosse, não sei se é por conta deste sistema ou algum arranjo do motor (acredito que não, pois é o mesmo do 420 mas com 2 turbinas) que tornou esse caminhão muito problemático, quando eu digo muito é muito mesmo. Dizem que baixa muito óleo, que não tem pressão (tanto que voce pode acelerar o que for, a fumaça sai de forma amena no cano de descarga, devido a 2° turbina). Modelos de 2007 a 2009 (saiu de linha pq não vendeu) COMPLETOS são encontrados na faixa de 150 MIL REAIS, sim 150 mil por um SCANIA de mais de 420 cv! Barganha? Acho que para um autônomo que cuida do caminhão, com toda certeza!

Toda linha V8 da Scania!

mais barato que muito 113 por ai!
mais barato que muito 113 por ai!

Deixei esse por ultimo porque sei que vão me criticar demais por isso, mas “vêoiteiros” me desculpem (kkkk) V8 da Scania nunca foi um motor bom, manutenção cara, pouco confiáveis, beberrões e por consequência ruins de comércio. Os primeiros 140/141 eram um desastre, baixavam óleo 10% natural e 90% porque evaporava (sera que esquenta o motor?). Existe uma historia que os motoristas de 142 sempre comiam comida quentinha, era só deixar no assoalho do bruto que a comida nunca esfriava. O 143 tinha um cupom de compra em atacado de Diesel porque só assim pra mante os gastos. O 164 é tão raro quanto um elefante branco andando de bicicleta sem rodinhas segurando um guarda chuva com a tromba. Enfim, não adianta vir me falar que V8 é igual a vióla, só toca quem sabe, essas frases de Vêoiteiro que muitos dizem por ai, porque eu sei com fontes confiáveis, de 164 480 pouco rodado (300 mil Km) completo com até optcruise sendo vendido a 180 mil reais. E 9 entre 10 desses “cento e quarenta” tem o emblema de V8 mas o motor é sempre de 113. “Zoeiras” a parte os motores V8 da Scania tem sua fama ruim porque a maioria dos transportadores não se adaptaram bem a ele, fora isso ele é um motor normal, com um torque mais elevado, tirando isso é a mesma coisa. Claro com o “renome” dos Scania V8, não deixa de ser um caminhão de vitrine, que assim como um carro de luxo baixa 30% do seu preço a partir do momento que se passa do portão da loja. Um próprio vendedor da Scania me disse “V8 é muito mais pra se mostrar do que para se ganhar”. Então é um renegado do mercado, se é barganha? Como dizem os Vêoiteiro, se você souber tocar, é bom.

 

E aqui chega ao fim a série “Melhores a se comprar” da coluna Hélio David. E terminando com uma Novidade, o Blog do Caminhoneiro esta preparando uma super surpresa, um portal para guia de compras de caminhões, com todos os modelos vendidos no mercado nacional com ficha técnica e tudo mais. Ai basta você achar seu caminhão, ver se ele esta ou não na série “melhores a se comprar” e correr pro abraço, ou volante!

Muito Obrigado aos leitores que comentaram, mandaram sugestões e dicas para nos.
Até a próxima!
Abraço!




32 comentários em “Renegados pelo mercado, barganhas ou não! [Melhores a se comprar]

  • 18/10/2017 em 21:27
    Permalink

    alguem tira a minha duvida!! vou comprar um scania pra puxar ls.. tava pensando num g 380 2009 2010…. so que apareceu um g 420 2011 por um preço bem em conta.. baixa km… so que e 6×4!!!! nao sei se vale a pena , ja que vai puxar ls…sera que vou perder no consumo de comustivel??

    Resposta
    • 03/11/2017 em 22:17
      Permalink

      Exatamente Joao, só ira valer a pena se ira puxar conjunto, e de preferencia Rodotrem ou Treminhão, estamos falando de 45 a 48ton, porque somente assim justificaria o gasto a mais no combustivel. Mas tambem depende da tocada, conheço varios que faz um 6×4 ter um consumo proximo a um 4×2.

      Resposta
  • 16/05/2017 em 09:52
    Permalink

    Foi infeliz ao falar do v8, deveria trabalhar com um antes de escrever.

    Resposta
  • 03/03/2017 em 14:48
    Permalink

    Estou querendo investir no ramo de transportadora, iai alguém pra opinar sobre ?

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!