Saiba como evitar acidentes nas estradas sob ocorrência de neblina

neblina caminhao




Para reduzir os riscos de acidentes nas estradas nessa época do ano e alertar o motorista sobre o aumento de ocorrências de neblina, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e as demais concessionárias do Programa Estadual de Concessões Rodoviárias do Estado iniciam uma série de medidas operacionais.

Mais comum entre os meses de maio e agosto, a neblina reduz a visibilidade por causa da névoa e aumenta o perigo de colisões e atropelamentos. No Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), a Ecovias, concessionária responsável pela via, atua em parceria com a Polícia Rodoviária Militar na Operação Comboio, ação na qual os veículos que seguem sentido Litoral são escoltados por viaturas da polícia rodoviária e da concessionária a uma velocidade máxima de 40 quilômetros por hora.

As demais concessionárias adotam outras medidas, como a revitalização das sinalizações verticais (placas e painéis informativos) e horizontais (pintura de solo), veiculação de mensagens alertando os motoristas nos painéis de mensagens eletrônicos espalhados pelas rodovias, implantação de sinalização com uso de viaturas, entre outras.

Aos motoristas, a Artesp sugere reduzir suavemente a velocidade ao perceber os primeiros sinais de neblina, manter uma distância segura do veículo à frente, acender os faróis baixos, não parar o veículo no acostamento e não ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento. Além disso, o motorista também pode utilizar a pintura de faixa da pista como referência do caminho e se manter atento aos sinais sonoros externos.

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo




Um comentário em “Saiba como evitar acidentes nas estradas sob ocorrência de neblina

  • 17/05/2014 em 11:14
    Permalink

    essa matéria, infelizmente é útil e tem que ser colocada com mais destaque. A palavra é VISIBILIDADE
    Uma coisa que eu ouvi de meu instrutor na auto-escola, e nunca mais vi ninguém falar: O perigo dos veículos de cor prata, cinza, grafite, preto e branco em dias nublados, chuvosos e pior ainda… com neblina.
    Caminhão tbm! não é por que você é grande, que necessariamente você esteja visível!
    Quando dois veículos se aproximam de frente, o tempo é pouco para qualquer reação. Somando-se ao fato que os motoristas de hoje estão cada vez mais incompetentes, e imperitos, as estradas estão mais do que nunca um tremendo banho de sangue. As pessoas perderam a capacidade básica de se enquadrar na faixa, de se colocar em segurança na rodovia e até da capacidade de executar pequenas correções dentro de curvas.. parece que se o idiota entrou errado na curva, ele não tem mais a capacidade de se corrigir para se colocar dentro da faixa! se entrar invadindo a contra-mão.. segura na mão de Deus e vai!! tá assim!
    E os donos de carros da cor prata???? são CAMPEÕES de invisibilidade! são os mais sem-noção que existem. Neblina?? “””só ligo o farolete pra não gastar luz.. e tbm.. quem é que não vai me ver no meu possante 1.0-prata com farolete ligado””””
    Isso quando o cara já não sabe andar em rodovia… 10% dos acidentes que ocorrem hoje, é em minha humilde opinião, apenas uma seleção natural, em que se descarta os mais ineptos e os que sobreviverem a esta fase, terão mais chances de sobreviver… afinal .. CNH é “direito social” apesar de se pagar mais de 1500 reais por isso, mas isso ninguém nota..
    Em casos de neblina como o da foto, mas em pistas duplicadas, eu sinto mais perigo, quando um caminhão, na minha frente não está com as luzes acesas ou que não esteja funcionando corretamente, ou com excesso de poeira e lama, que dificulta a visibilidade.
    Mas o que falar daqueles cabras que andam na esquerda e andam muito devagar? é um caos total.. estas operações de comboio são uma constatação cruel..: o brasileiro se mata por nada, não dá valor a vida, e tbm está se lixando para a legislação técnica e pra segurança das outras pessoas. O Cara fica usando o maldito do alerta ligado enquanto está rodando em cima da faixa!!! meuDeusdocéu!!
    E aqueles que usam as lanternas traseiras de neblina nos dias que NÃO tem neblina, mas nos dias que TEM neblina, o cara simplesmente esquece?????? Os donos de Peugeot que o digam não é verdade?? e os Renault?? tem um monte de carro com luz de neblina na posição errada. Segundo a convenção de Genebra, sobre a parte técnica de sinalização embarcada, a luz traseira de neblina deve existir do lado do motorista, e deve ser de cor vermelhada ou âmbar com bastante brilho e jamais deve ser usada em dias SEM NEBLINA… mas o contrário é o padrão no brazil..
    Outra coisa.. acender faróis.. não aumenta sua conta de luz em casa! seu carro, ou seu caminhão, possui uma coisa, chamada “alternador” e “bateria”.. e não é conectado em sua casa! Temos que explicar né? afinal.. tem um monte de jumento por ai…
    olha o pálio prata!! olha o Ka branco… olha o vectra prata… olha o bonitão de constelation prata … olha o lindão do FH preto ou prata… todos com faróis desligados!! andando a 110km/h.. e com parte do rodado NA CONTRAMÃO!!! EITA BRASIL DE JUMENTOSSSSSS!!!!!

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!