Scania lança ônibus Euro 6 a gás na Colômbia

Ônibus Scania Euro 6 a gás




A Scania, empresa referência em veículos pesados, lança na Colômbia o primeiro ônibus Euro 6 a gás para sistemas de transportes urbanos da América Latina. “Além da necessidade de uma tecnologia mais confiável, a Colômbia busca substituir o diesel por um combustível mais limpo”, explica André Rodrigues, gerente de produtos para Ônibus Urbano da Scania Latin America.

Em parceria com a Universidade Nacional da Colômbia e Transmilênio (sistema de transporte público metropolitano de Bogotá), a Scania realizou vários testes que mediram a capacidade de arranque em pistas íngremes, consumo de combustível e emissões de poluentes. O veículo também foi avaliado em condições mais extremas da cidade de Bogotá, como altitude, que é cerca de 2.600m acima do nível do mar, baixa pressão atmosférica, tráfego pesado e paradas em grandes ladeiras.

“A Scania já trabalhava na construção dessa oferta, mas os motores com a tecnologia anterior não tinham capacidade de operar nessa altitude. Com o novo motor Euro 6 a altitude deixa de ser uma limitação”, acrescenta Rodrigues.

motor Euro 6 a gás (gás natural, biogás ou mistura de ambos) – A unidade Euro 6 testada em Bogotá é de 15 metros de comprimento (tipologia consolidada na Europa e América Latina, mas até então não conhecida pelas autoridades colombianas), com grandes benefícios operacionais em aplicações de transporte urbano. O veículo tem capacidade para 120 passageiros, dois eixos de direção, conferindo um raio de giro menor e boa manobrabilidade. Além de veículos de 15 metros, a nova linha de motores Euro 6 a gás permite, também, equipar ônibus de 12 metros e articulados.

Entre as principais características do novo motor estão os cinco cilindros em linha com cabeçotes individuais, 9 litros, níveis de emissão Euro 6 – os mais limpos do mercado –, garantindo índice zero de material particulado (o contaminante principal). Durante os testes, em emissões, por exemplo, foi concluído que o veículo Scania Euro 6 a gás emite uma concentração em número de partículas ultrafinas (20 mil/cm³) muito inferior às que normalmente se encontram nas amostras de ar de Bogotá (150 mil/cm³). Um ônibus a diesel Euro III, por exemplo, muito recorrente em Bogotá, emite 70 milhões de partículas por centímetro cúbico.

De acordo com Enrique Enrich, gerente-geral da Scania Colômbia, a nova linha de motores se destaca por duas vantagens técnicas. A primeira é a tecnologia de combustão estequiométrica, na qual o motor é capaz de se ajustar de acordo com a pressão atmosférica, identificando como deve se comportar em determinada altitude – característica ideal para o plano de avanço tecnológico das cidades de Bogotá e Medellin. A segunda vantagem do veículo é a alta tolerância a variações na especificação de combustível, com a possibilidade de trabalhar com diferentes qualidades de gás sem necessidade de fazer ajustes no motor.

A oferta da Scania para a Colômbia com essa mesma tecnologia abrange: 1) motores de linha preparados para altitude (até 3.000 m); 2) chassis para ônibus padrón, 15 metros e articulados, assim como ônibus rodoviários para distâncias curtas; e 3) chassis para caminhões de lixo, betoneiras e outras aplicações.

Além de zero emissão de material particulado (MP), que do ponto de vista ambiental é uma necessidade e tendência nas grandes cidades, o novo ônibus Scania com motor a gás também é extremamente silencioso, ideal para transitar em zonas urbanas, com tecnologia comprovada e respaldo da empresa sueca.

“Se combinarmos os benefícios econômicos (baixo custo de combustível e manutenção) e os ambientais, esses motores têm tudo para ser um sucesso não só no transporte urbano de passageiros e de coleta de lixo, mas também em muitas outras aplicações”, completa Silvio Munhoz, Diretor de Vendas de Ônibus Urbanos para a região das Américas.

Além da nova gama de motores a gás natural (GNV), que também podem ser operados com biogás, o portfolio da Scania possui veículos movidos a combustíveis alternativos, como etanol e biodiesel, oferecendo soluções com diferentes níveis de emissões (Euro IV, V e VI).

O ônibus, único na Colômbia, realizou testes nas cidades de Bogotá, Cartagena, Valledupar e Medellín, sempre demonstrando desempenho positivo.

Fonte: Scania




Deixe sua opinião sobre o assunto!