Valtra amplia família de colheitadeiras axiais e reescreve a definição de classe VIII no mercado brasileiro

lancamentos_bc8800




A expectativa em torno do fechamento positivo de mais uma safra de grãos no Brasil, com previsão de incremento na colheita em relação à safra passada, tem feito crescer o interesse do agricultor por colheitadeiras que ofereçam maior capacidade de operação. A consolidação deste mercado e a necessidade por tecnologias mais eficientes para atender às novas demandas do campo fizeram a Valtra investir em um novo conceito de colheitadeira – a BC8800 – que está sendo apresentada com exclusividade na 21ª Agrishow, de 28 de abril a 2 de maio, em Ribeirão Preto (SP).

Com tecnologia exclusiva e um design surpreendente, a BC8800 apresenta a melhor relação litros por tonelada entre as colheitadeiras axiais Classe VIII do mercado brasileiro, ou seja, tem a maior taxa de descarga com capacidade de 150 litros por segundo.

Um dos principais atrativos deste maquinário é o inovador sistema de limpeza de grãos de multiestágios. Isto porque agora o equipamento conta com um fluxo de ar direcionado, suportado por um ventilador de grande capacidade, que amplia a velocidade do ar e o direcionapara uma saída acima da peneira de pré-limpeza, eliminando assim tudo o que não for grão. Com isso, a máquina oferece maior capacidade de limpeza e diminui a sensibilidade de colheita em terrenos inclinados. Outro fator importante da nova colheitadeira é que o diâmetro do caracol de grãos limpos foi ampliado, incrementando em 60% o fluxo de grãos. Tudo para suportar a maior capacidade de processamento do novo rotor. Vale destacar ainda que a exclusiva pré-limpeza por fluxo de ar superior acompanha toda a extensão do processador TriZone, prevenindo perdas provenientes por excesso de material ou separação tardia dos grãos. “A posição do rotor, diretamente sobre o sistema de limpeza, elimina a necessidade de caracóis transportadores, proporcionando menor dano aos grãos”, explica Douglas Vincensi, gerente de marketing do produto colheitadeira da AGCO América do Sul.

Além disso, a colheitadeira Valtra BC8800 é equipada com o sistema de resfriamento V-Flow, novidade no Brasil, que previne obstruções nos radiadores e mantém o motor da máquina funcionando com máxima eficácia. Segundo Vincensi, “o V-Flow foi desenvolvido para remover automaticamente palhas e resíduos da colheita, o que significa que o produtor não precisará mais perder tempo com as paradas de máquina para limpeza diária. E, gastando menos tempo nesta operação, oferece mais capacidade de colheita. Por isso, nenhum outro sistema de descarregamento é tão rápido ou eficiente do que o da Valtra BC8800”, destaca o gestor.

A colheitadeira foi criada para triunfar nos ambientes mais exigentes, pois o novo processador foi redesenhado para que o produtor possa enfrentar as condições mais difíceis de colheita, com menos custo e mais autonomia de trabalho no campo. “O DNA desta máquina foi melhorado e adaptado à lavoura brasileira. Por isso, é possível dizer que a BC8800 chega para atender a uma demanda do mercado interno por máquinas de alta performance, que permitem ao produtor rural trabalhar em janelas de colheita mais reduzidas. Esperamos reescrever a definição de Classe VIII no mercado nacional”, ressalta Vincensi.

Entre os grandes diferenciais da BC8800 está o exclusivo projeto em H do sistema de suporte dos côncavos, que permite que qualquer um dos 12 côncavos possa ser facilmente trocado por uma única pessoa. Os diversos tipos podem ser combinados lado a lado ou da frente para trás, para oferecer o melhor desempenho nos diversos tipos de cultura. Este novo sistema conta com suspensão por molas, que oferece mais proteção à máquina contra sobrecargas momentâneas ou entradas de elementos estranhos, auxiliando no descarte deste material.

Alimentada pelo motor AGCO POWER de 9,8 litros e 7 cilindros em linha, a BC8800 recebe mais potência e entrega mais capacidade. Além disso, todos os controles da máquina estão ao alcance das mãos e a um toque da tela, pois o Terminal C2100 com touchscreen é facilmente ajustado à altura e ângulos desejados através do suporte deslizante. O console, à direita, mantém todas as múltiplas funções da colheitadeira ao alcance dos dedos. E a alavanca multifunção giratória busca aumentar ainda mais o conforto operacional durante toda a jornada de trabalho.

Produzida com os mais modernos conceitos em equipamento para agricultura de precisão, a nova BC8800 está preparada para absorver opcionais como a telemetria AGCOMMAND (monitoramento de máquinas agrícolas à distância), monitor de produtividade Fieldstar II (sistema para mapeamento de produção) e piloto automático AutoGuide 3000.

A BC8800 é a única máquina do mercado de colheitadeiras Classe VIII com pneus 620/70R42. Outros diferenciais são: cabine que proporciona maior conforto e visibilidade; assento com suspensão pneumática, retrovisores com acionamentos elétricos, abertura e fechamento da cobertura do tanque de grãos. Vale destacar ainda que, a colheitadeira traz 26 novas especificações em relação à máquina da classe 7. Isso tudo para atender à realidade das condições de colheita brasileira, como, por exemplo, maior capacidade operacional, robustez e confiabilidade.

Completam o portfólio de colheitadeiras axiais da Valtra, os modelos BC 6500 e BC 7500. Equipada com motor AGCO Power turbo aftercooler de 325 cv de potência, a BC6500 está apta a enfrentar qualquer tipo de terreno e condições de colheita, além de ter grande durabilidade e baixo custo de operação e manutenção. Com capacidade de armazenamento de 10.570 litros, as jornadas de trabalho ficam mais longas e os tempos de paradas, menores. Uma vez cheio o tanque, a descarga é feita em menos de dois minutos. Já a colheitadeira BC7500 com 380cv, oferece máximo desempenho e baixo custo operacional, pois o uso eficiente da potência do motor e a rapidez da máquina a tornam adequada ao profissional do campo que investe em tecnologia para obter qualidade superior dos grãos, com menor índice de perda.

Durante a Agrishow a Valtra apresentará, além destas versões de colheitadeiras axiais, as plataformas Draper de 25 a 40 pés, com sua fabricação recentemente nacionalizada. O principal diferencial deste conjunto é a tecnologia de ponta disponível a custo acessível. O modelo de 25 pés é ideal para áreas com limitação de largura de plataforma. Lembrando que esta é a única plataforma Draper nacionalizada de 25 pés disponível no mercado brasileiro.

Fonte: Valtra




Deixe sua opinião sobre o assunto!