Caminhoneiros autônomos fazem protesto no Porto de Santos

Protesto Paranaguá




Caminhoneiros autônomos fizeram um protesto em frente a um terminal no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, na noite desta segunda-feira (2). Os manifestantes bloquearam a entrada de caminhões no terminal da Embraport.

Segundo a categoria, a empresa desrespeitou um acordo feito no ano passado. Pelo acerto, seriam os caminhoneiros autônomos que devolveriam os contêineres vazios dos importadores. Membros do sindicato dos caminhoneiros de Guarujá participaram do ato.

“Essa mudança causou um grande prejuízo a mais de 3 mil caminhoneiros que vivem há anos prestando serviço em toda a região”, reclama o caminhoneiro José Nilton de Oliveira.
Os presidentes dos dois sindicatos que representam a categoria explicam que o primeiro acordo foi feito em setembro do ano passado. Eles contam que foi cumprido por um tempo, e depois desrespeitado. Em dezembro eles voltaram a negociar com a empresa. Agora eles afirmam que a Embraport voltou a prejudicar os caminhoneiros autônomos. “Caiu 50% a nossa renda familiar. Fica ruim para trabalhar desse jeito. Nosso grito de guerra é a paralisação, é a força”, afirma Rodrigo Aparecido Felix.

Em nota, a Embraport afirma que desde dezembro do ano passado, quando aconteceu a reunião com o sindicato dos caminhoneiros, deixou de receber devoluções de contêineres vazios direto dos importadores, como foi acordado com a categoria. A empresa informou ainda que permanece aberta ao diálogo e aguarda retorno do sindicato.

Fonte: TV Tribuna




Deixe sua opinião sobre o assunto!