Goiânia será sede da primeira edição da Fenatran Centro-Oeste

fenatran experience




Considerado o maior evento na área de produtos e serviços destinados aos transportadores de cargas e operadores logísticos da América Latina, a Fenatran (Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga) terá, pela primeira vez, uma edição regional. Goiânia será sede da Feira, agendada para acontecer entre os dias 14 a 17 de outubro. Na capital goiana, o encontro recebe o nome de Fenatran Centro-Oeste.

Organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e realizada pela NTC & Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas), a Fenatran Centro-Oeste espera receber oito mil visitantes, entre principalmente empresários do setor de transporte, profissionais, industriais, comerciantes, distribuidores e técnicos dos setores e afins.

Na programação, estão previstas exposição interna e externa de veículos pesados, estandes para lançamentos de produtos e serviços, seminários empresariais, workshops comerciais, rodada de negócios, Clube Comprador Premium, Test Drive, entre outras atividades. A Feira trará a oportunidade de realização de negócios e a exposição de lançamentos globais para milhares de profissionais do setor interessados em conhecer as tendências do segmento, além do desenvolvimento de debates e de apontamentos de tendências do setor.

A expectativa dos organizadores é receber cerca de 80 empresas expositoras, de setores como caminhões e veículos; implementos e equipamentos; autopeças, motores e pneus; combustíveis, derivados e componentes; equipamentos para oficinas; terminais e movimentação de carga; transportadores modais de carga; rastreadores, informática, segurança e outros; bancos, financeiras e seguradoras; entidades e serviços; e demais modais do setor do transporte. Essas empresas vão apresentar novidades relacionadas às novas tecnologias, sustentabilidade, além de produtos e serviços para garantir mais segurança, conforto e redução de custos operacionais.

Importância estratégica

A escolha do Centro-Oeste para sediar o Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga se deve à importância estratégica da região para o Brasil, que tem potencial industrial e se configura como um dos principais celeiros do agronegócio brasileiro.

De acordo com dados do Estudo Centro-Oeste Competitivo, a produção industrial da área central do país movimentou R$ 81,6 bilhões em 2010. Desse total, 75% estão concentrados em 15 cadeias produtivas instaladas na região: adubos e fertilizantes, algodão, avicultura, bebidas, bovinos, calcário, cana de açúcar, cobre, ferro e aço, madeira, milho, petróleo e derivados, químicos industriais, soja, veículos e autopeças. Na agropecuária, as cadeias de cana-de-açúcar, bovinos, soja, milho e algodão representam 95% da produção no Centro-Oeste.

Além da relevância econômica, industrial e comercial, a região é favorável em logística e transporte pela localização estratégica no centro do Brasil, interligando diversas regiões e representando caminho para escoamento de riquezas produzidas por diferentes segmentos da indústria e comércio. Os estados que integram a área central do País – Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul -, junto com o Distrito Federal, concentram mais de 11 mil empresas de transporte de carga brasileira, segundo dados do Registro Nacional do Transporte de Cargas da ANTT (Agência Nacional do Transporte Terrestre).

Serviço:
Feira Internacional de Transporte Rodoviário de Carga (Fenatran Centro Oeste)
Data: 14 a 17 de outubro
Local: Centro de Convenções de Goiânia (GO)

Fonte: Agência CNT de Notícias Texto de Rosalvo Streit Com informações da NTC&Logística




Deixe sua opinião sobre o assunto!