Projetos formarão 1.760 novos motoristas profissionais

caminhao de auto escola




Dois projetos relacionados à formação de novos motoristas profissionais, beneficiando principalmente jovens carentes, são desenvolvidos pelo Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat). Em conjunto com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), esses projetos são desenvolvidos de modo a formar, ao todo, 1.760 novos motoristas. Segundo o diretor do Sest/Senat, Antônio Leitão, tal mão de obra, formada através dessas ações, poderá ser absorvida pelas empresas, o que representará mais geração de emprego no mercado de trabalho no Piauí.

Projeto de Primeira

O Projeto de Primeira Habilitação é voltado aos jovens com idade mínima de 18 anos completos, com renda familiar até três salários mínimos, e formará 960 jovens como motoristas profissionais. Nada menos do que 2.600 pessoas se inscreveram neste projeto, disputando as 960 vagas. No momento, esses candidatos estão sendo selecionados por parte das 13 empresas associadas do Setut. Aqueles aprovados no processo seletivo terão 45 horas/aula teóricas e 20 horas práticas. Após a conclusão do curso, exames médicos, psicológicos e teste no DETRAN, eles terão direito a receber sua Carteira de Habilitação, tipo B.

Depois de dois anos, esses mesmos jovens poderão fazer o Curso de Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros, no qual serão habilitados como motoristas verdadeiramente profissionais. “O Projeto Primeira Habilitação é importante para nosso segmento, pois possibilita a formação de mão de obra qualificada, que irá atender às necessidades das empresas que operam atualmente no sistema de transporte público municipal”, destacou o presidente do Setut, Herbert Miura.

Mudança de Categoria

As operadoras do sistema também contam com a execução de outro projeto – o referente à “Mudança de Categoria”, destinado a transformar pessoas já habilitadas, também inseridas na faixa de renda familiar até três salários mínimos, em motoristas profissionais. Nesse caso, estão abertas as inscrições através do site www.sestsenat.org.br até o dia 30 de junho de 2014, onde os candidatos deverão buscar, no menu, a seção “Mudança de Categoria”.

Antônio Leitão destaca que é muito importante, para os candidatos, fornecer e-mails corretamente, pois será exclusivamente através de e-mail que o Sest/Senat comunicará aos candidatos quem foi selecionado para participar do projeto. Aqueles que forem selecionados poderão fazer o Curso de Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros. Através desse curso, eles serão contemplados com a Carteira de Habilitação, tipo D, que habilita a dirigir caminhões e ônibus.

50 mil motoristas

Para o projeto Mudança de Categoria o Sest/Senat está selecionando 800 candidatos, com idades entre 21 e 45 anos completos. Em todo o País, o sistema formará 50 mil novos motoristas profissionais. “É mais uma contribuição do Sest/Senat para qualificar mão de obra e possibilitar a geração de novos empregos, melhorando a situação social e contribuindo para dar suporte ao processo de desenvolvimento econômico brasileiro”, declarou Antônio Leitão.

Fonte: Capital Teresina




Deixe sua opinião sobre o assunto!