Scania assume a liderança em combustíveis alternativos

Scania-Ecolution-P-270




A Scania assume a liderança em combustíveis alternativos oferecendo a maior variedade de motores Euro 6 para biodiesel e gás. O mais recente lançamento é o motor Scania V8 de 16 litros, 580 HP, que funciona com até 100% biodiesel.

O interesse por biodiesel entre as transportadoras vem aumentando, especialmente em países que passaram a oferecer incentivos fiscais ou outras vantagens, como na Áustria, Suécia e Suíça. O biodiesel, éster metílico de ácidos graxos, pode ser produzido a partir da maioria dos óleos vegetais e, na Europa, óleo de canola, de semente de girassol e gorduras animais como o óleo de peixe, são usados comumente. O óleo de cozinha usado também serve para produzir biodiesel.

Os riscos são poucos

“Um dos desafios são as imprevisíveis decisões políticas a respeito de incentivos fiscais, porém é relativamente fácil adaptar um veículo movido a biodiesel para operar com óleo diesel. Portanto, o valor residual é muito pouco afetado,” comenta Daniel Milione, Gerente de Produtos para Combustíveis Alternativos da Scania na Suécia. “Consequentemente, os riscos envolvidos em investir nesses veículos são pequenos.”

De acordo com os cálculos da Scania, o motor perde não mais do que 8% de sua potência quando funciona utilizando 100% biodiesel como combustível. Paralelamente, tem-se que levar em conta um leve aumento em consumo, inclusive do AdBlue utilizado pelo sistema SCR.

Operação Simples

Atualmente há no mercado o biodiesel que reduz a emissão de CO2 em até 66%. Além disso, esses combustíveis são simples de usar: o motorista só tem que encher o tanque e seguir dirigindo como qualquer outro caminhão.

“Muitos países estão se esforçando para reduzir sua dependência do petróleo e, portanto, combustíveis alternativos como o biodiesel e o gás são cada vez mais valorizados,” acrescenta Daniel Milione. “Estamos cientes que o aquecimento global está acelerando mais rápido do que se acreditava. O setor do transporte não tem sido capaz de reduzir sua dependência de combustível fóssil. Nós simplesmente temos que nos esforçarmos para chegarmos à sociedade sustentável.”

O crescente mercado do biogás

Se o interesse por biodiesel já é alto, por gás combustíveis é ainda maior. O mercado de gás é movido principalmente pela disponibilidade e baixo preço do gás natural. Mas há também uma demanda crescente pelo biogás, já que este também opera nos mesmos motores. O gás natural, mesmo sendo um combustível fóssil, ainda resulta em uma redução de 15% a 20% em emissão de CO2, comparado com o diesel. O biogás, que é renovável, é capaz de reduzir a emissão de CO2 em até 95%. Há estimativas que preveem que, até o ano 2020, 1/5 de todos os caminhões acima de 18 toneladas serão movidos a gás. Para acelerar o desenvolvimento ainda mais, a União Europeia acaba de decidir que, a partir de 2021, a distância entre postos de abastecimento de gás comprimido, CNG/CBG, será de no máximo 150 km e, para gás líquido, LNG/LBG, de no máximo 400 km.

“Mesmo levando-se em conta a incerteza sobre possíveis sanções contra a Rússia, há sem dúvida uma tremenda sede de gás e a Scania possui o melhor motor a gás do mundo, com certeza,” afirma Daniel Milione.

Entretanto, por si só a tecnologia não será necessariamente decisiva. Quem vai captar o mercado será o fabricante capaz de oferecer soluções em larga escala e facilmente adaptáveis pelos clientes. “Clientes querem adquirir e operar os seus caminhões com simplicidade, e distribuidores e concessionárias estão igualmente interessados na simplicidade em processos de encomenda e de vendas.”

Fonte: Scania




2 comentários em “Scania assume a liderança em combustíveis alternativos

  • 29/07/2014 em 23:14
    Permalink

    Eventuais sanções contra a Rússia não esfriarão os ânimos com relação ao uso do gás, visto que ainda há a possibilidade de ampliar o uso do biogás, proveniente tanto de biodigestores instalados em áreas rurais quanto de aterros sanitários e estações de tratamento de esgoto.

    Resposta
  • 03/06/2014 em 10:58
    Permalink

    Belo negocio que VW fez em comprar a Scania.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!