Comércio de máquinas agrícolas está mais lento este ano

Case_puma_185




O comércio de máquinas agrícolas está mais lento este ano. No Paraná, as concessionárias não sabem mais o que fazer para atrair o agricultor, nem as promoções conseguem alavancar as vendas.

Elas estão paradas, à espera de compradores que não aparecem. Desde o início do ano tem sido assim, as vendas de tratores e colheitadeiras caíram 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em uma concessionária, a queda no faturamento chega a 30% no primeiro semestre. “Surpreendeu. A expectativa de todos os fabricantes é que os números deste ano fossem bem parecidos com os do ano passado”, diz o gerente comercial Luís Vargas.

As concessionárias estão fazendo promoções e oferecendo descontos para atrair os clientes. Em uma delas, o fabricante está bancando metade dos juros anuais.

A situação é reflexo do momento no campo. Depois de boas safras, a comercialização da produção de milho e soja este ano está com preços mais baixos.

Fonte: Globo Rural




Deixe sua opinião sobre o assunto!