Concessionárias alertam motoristas quanto ao excesso de carga em caminhões de cana

Caminhões de cana




As concessionárias que administram rodovias na região de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) informaram que desenvolvem ações e que tomam medidas para fazer com que o tráfego de caminhões canavieiros seja o mais seguro possível.

O gerente de operações da Vianorte, Luciano Louzane, disse que o principal problema desse tipo de veículo é o excesso de carga.

“Cana a mais na carroceria faz com que pedaços sejam espalhados pelas rodovias. Isso pode causar acidentes, com risco maior para motocicletas. O motorista também pode se assustar e perder o controle do veículo”, afirmou.

Louzane informou que a concessionária realiza todos os anos um encontro com representantes das usinas para mostrar os riscos do excesso de carga nos caminhões.

Em nota, a Tebe informou que também faz reuniões com representantes das usinas e com a polícia para alertar, entre outros assuntos, sobre o excesso de carga e também sobre o derramamento de cana-de-açúcar nas rodovias.

Entre os problemas causados por esse tipo de transporte, a concessionária relatou que a queda de pedaços de cana podem entupir canaletas de escoamento de água das chuvas e provocar aquaplanagem, aumentando os riscos de acidentes.

A Triângulo do Sol informou, também por meio de nota, que as ações da polícia refletem positivamente no tráfego das rodovias que administra.

A reportagem entrou em contato com a Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), mas a entidade não comentou sobre o assunto.

Fonte: Folha de São Paulo




Deixe sua opinião sobre o assunto!