Conduzindo histórias de amor

Fabio e Jessica - Caminhao Scania




A paixão por caminhões Scania pode fazer com que os veículos façam parte de momentos inusitados da vida das pessoas, como aconteceu com casais Fábio e Jéssica, e Junior e Fernanda, que escolheram cavalos da marca para conduzi-los ao altar.

Jéssica Naiara Gracia Rosani está concluindo a faculdade de Química, mas seu grande sonho é ser motorista, assim como seu pai, Agnaldo César Gracia — nas estradas há 33 anos. “Minha mãe descobriu que estava grávida de mim durante uma viagem, e posso dizer que fui praticamente criada dentro de um caminhão”, conta.

Tanta paixão fez com que Jéssica decidisse inovar e, ao mesmo tempo, prestar uma homenagem ao pai no dia de seu casamento: ir para a igreja a bordo de um Scania conduzido por ele. “O patrão do meu pai, (Fábio Bim, dono da F.Bim Transportes) que também foi meu padrinho de casamento, tinha acabado de comprar o caminhão zerinho para o meu pai trabalhar e estava realizando um sonho dele, que trata o veículo como se fosse um filho, tanto que só se refere ao cavalo como “meu bebê”, confidencia ela.

O casamento de Jéssica com o esposo, Fábio, aconteceu no dia 9 de novembro de 2013, na cidade de Fernandópolis (SP). Agnaldo se emociona ao recordar o grande dia. “Quando a vi vestida de noiva, deu um nó na garganta de tanta felicidade. Me lembrei do meu pai, porque não tive a oportunidade de homenageá-lo, mas estava ganhando esse presente da minha filha”. A chegada à igreja teve direito a todas as luzes do R 440 acesas e muita buzina. O sapato da noiva, azul, também combinava perfeitamente com a cor do caminhão.

IMG-20140613-WA0005Quem também optou por um Scania para leva-lo à igreja no dia do sim foi Junior Scarpinelli, filho de João Scarpinelli — dono da Transportadora Duanelli. Junior casou-se em 16 de maio deste ano, na cidade de Jundiaí (SP), e conta que a esposa, Fernanda, gostou da ideia. “Eu sempre fui apaixonado por caminhão e, desde pequeno, já desenhava os bicudinhos da Scania. Como acabamos de comprar um P 360, que além de novinho, é o nosso caminhão mais bonito, resolvi ir dirigindo-o.”

A chegada surpreendeu os quase 500 convidados da cerimônia, e o veículo também conduziu os recém-casados para a recepção, com direito a buzinaço pelas ruas da cidade. “O comentário foi tamanho que algum tempo depois, na cidade vizinha, comentaram com a minha esposa sobre o casal que saiu do casamento de caminhão e aí foram saber que éramos ela e eu”, diverte-se Junior.

Fonte: Scania




Deixe sua opinião sobre o assunto!