Ford Caminhões avança no segmento de caminhões leves

ford-cargo-1119




A Ford Caminhões aumentou a sua participação no mercado, passando para 14,1% de janeiro a novembro de 2014. O resultado se deve principalmente ao crescimento no segmento de caminhões leves, em que a marca ganhou 13,6% em volume com o lançamento dos modelos Cargo 1119 e F-4000.

“Até novembro, tivemos um crescimento de mais de 6% em participação de mercado no setor”, afirma Antonio Baltar, gerente de Vendas da Ford Caminhões. Considerando todos os segmentos, a marca somou o total de 17.212 caminhões comercializados no varejo. Os novos lançamentos no mercado de leves garantiram um crescimento do ritmo mensal de vendas em mais de 15% nos últimos meses.

“Essa tendência é positiva e consistente. Desde setembro temos mantido uma participação total próximo de 16%, como reflexo direto da chegada dos novos produtos. A Série F, por exemplo, foi introduzida há poucos meses e ainda está em curva de aceleração da produção”, diz Antonio Baltar.

O maior destaque da Ford foi no segmento de caminhões leves, com 7 a 11 toneladas de peso bruto total, que representam cerca de 20% do mercado. As vendas da marca nessa faixa cresceram mais de 13% de janeiro a novembro, comparado ao mesmo período do ano passado, e atingiram o volume total de 7.309 unidades. Como resultado, a sua participação teve um avanço de quase 30% e chegou a 26,3%.

O modelo Cargo 1119, contribuiu para esse resultado com 2.391 unidades. Lançado este ano, já está entre os líderes na sua faixa de 9 e 11 toneladas de PBT. As principais vantagens do modelo são a maior capacidade de carga da categoria – com PBT de 10.510 kg e 7.164 kg de carga útil – e o motor Cummins de 189 cv, o mais potente do segmento, com chassi totalmente novo e economia para aplicações urbanas e rodoviárias de curta distância.

Outro destaque foi o médio Cargo 1519, que cresceu quase 40% na participação de mercado entre os modelos com peso bruto total de 15 toneladas. Caminhão versátil, usado na distribuição de atacado e varejo, carga fracionada e serviços gerais, é líder do segmento com mais de 41% de participação na sua faixa no período, atingindo em novembro um pico de 55,1% de participação de mercado.

Fonte: Transpodata Texto de Mauro Cassane

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!