GREVE: Caminhoneiros mantêm bloqueios em rodovias de Santa Catarina

caminhoneiros




Pelo quinto dia consecutivo, caminhoneiros bloqueiam rodovias de Santa Catarina. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia dez pontos de interdição em cinco rodovias federais até as 15h deste domingo (22). Não há previsão para que o protesto, que iniciou na quarta-feira (18), termine.

Os manifestantes reivindicam melhores condições nas rodovias da região e protestam contra o aumento no valor de combustíveis. Conforme Vilmar Bonora, integrante da comissão que organiza o movimento em São Miguel do Oeste, cerca de 300 caminhões estão parados no acostamento da BR-282.

Segundo a PRF, na BR-282, os bloqueios neste domingo ocorrem nas cidades de São Miguel do Oeste, Maravilha, Nova Erechim, Xanxerê e Campos Novos. Na BR-163, a manifestação é em São José do Cedro e Irani. Na BR-158, no km 109 em Cunha Porã.

Também na cidade Campos Novos há bloqueio no km 339,6 da BR 470. Já na região Norte, o protesto ocorre em Mafra, no km 7 da BR-116.

Apenas veículos de passeio, ambulâncias, caminhões de ração e leite e ônibus de linha passam pelos trechos. A PRF afirma que nas margens das rodovias, os manifestantes abordam os caminhões que passam pelo local e negociam com os motoristas para aderirem ao movimento.

Falta de combustíveis

A manifestação de caminhoneiros no Oeste de Santa Catarina começa a causar prejuízos na região. Pelo menos três postos de São Miguel do Oeste estão sem ou quase sem combustível nas bombas.

De acordo com Bonora, os caminhões de combustíveis estão retidos em todos os pontos de bloqueio na região. “O único combustível que passa é para um posto de São Miguel do Oeste que abastece viaturas, carros dos bombeiros, ambulâncias, mais nenhum”, detalha.

Fonte: G1




Deixe sua opinião sobre o assunto!