TGX 29.480 chega ao mercado brasileiro como o mais potente da MAN

Malagrine




A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e MAN, amplia seu leque de oferta para o mercado brasileiro com o novo TGX 29.480 6×4, garantindo assim um portfólio que vai dos 150 aos 480 cavalos de potência. Também soma às opções dos clientes a cabine leito teto baixo, que está disponível para todos os modelos TGX, assim como a tradicional cabine leito teto alto.

Já registrado como modelo 2015/2016, o novo veículo vem para atender à crescente demanda por veículos mais potentes, com torque superior, para sustentar o desempenho do veículo em aclives e aumentar a velocidade média. Isso se traduz em maior rentabilidade para os negócios dos clientes da montadora. Já a cabine leito teto baixo assegura uma opção a mais para quem busca mais espaço para carga, com melhor relação custo-benefício.

“Nos últimos anos, expandimos de forma significativa nossa oferta de extrapesados e, com esse TGX, consolidamos o maior leque de opções ao mercado desde quando iniciamos nossas atividades, há mais de 32 anos. E sempre, com a melhor solução de transporte para o cliente. Esse modelo 480 cv, nosso caminhão mais potente, é perfeito para longas distâncias e apresenta uma das melhores relações potência versus consumo de combustível do mercado”, garante Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America.

Duas opções de cabine para escolha do cliente

Com um design definido por linhas firmes, o modelo tem uma das cabines com maior espaço interno da categoria, reconhecida por motoristas de todo o país por seu conforto. O TGX 29.480 conta ainda com mais uma opção: a de cabine leito teto baixo, que também está disponível para os demais modelos TGX.

Com altura interna de 1,66m (28 cm a menos que a versão leito teto alto), a largura interna da cabine com teto baixo é 2,26m e o túnel do motor tem apenas 12 cm de altura, tornando-a uma das mais espaçosas do mercado e com ótima circulação interna. Qualidades essas que também marcam a versão de série, que vem com teto alto, chegando a altura interna de 1,94m.

Configuração ideal para países emergentes

No TGX 29.480, o motor MAN D26 de seis cilindros e 12,4 litros garante um torque de 2.400 Nm numa ampla faixa de rotações, o que proporciona maior capacidade de sustentação da velocidade em rampa e menor necessidade de troca de marchas. A potência máxima é obtida a partir de 1.400 rpm e se mantém constante até a rotação máxima de 1.900 rpm.

Essa característica se torna ainda mais diferenciada se o cliente considerar que, para as aplicações em que o veículo mais é requerido — composições de grande peso, com cargas que variam de 57 a 74 toneladas —, a combinação de torque e potências superiores pode se traduzir diretamente em mais velocidade operacional.
Outros atributos contribuem para colocar o MAN TGX 29.480 6×4 em uma posição de destaque em seu segmento de aplicação. Uma vantagem é a transmissão automatizada de série MAN TipMatic, de 16 marchas e grande capacidade de torque de entrada.

O caminhão MAN TGX 29.480 6×4 tem ainda uma das maiores capacidades de tração do mercado e está equipado com freios de serviço a tambor nos eixos dianteiros e traseiros, seguindo a preferência do mercado. Também oferece uma ampla plataforma atrás da cabine de 84 cm para maior segurança do motorista em suas atividades sobre o chassi. Completam o rol das melhorias itens no banco para descansar o braço; volante multifuncional; e farol de iluminação para a quinta-roda.

Engenharia sob medida

Algumas dessas configurações são exclusividades da Engenharia brasileira da MAN Latin America para países emergentes. Ao todo, foram 230 modificações, implementadas em função das características do transporte nesses mercados. As principais otimizações estão no trem de força — composto por motor, caixa de mudanças e eixo traseiro —, na suspensão e no chassi.

Fonte: MAN Latin America




Deixe sua opinião sobre o assunto!