Mercedes-Benz anuncia novo vice-presidente de Desenvolvimento de Caminhões

christof-weber - Mercedes-Benz




Christof Weber é o novo vice-presidente de Desenvolvimento de Caminhões & Agregados (motores, câmbios e eixos) da Mercedes-Benz do Brasil. O executivo inicia as atividades em 1º de setembro, substituindo Walter Sladek que, após sete anos de atuação no País, será chefe do Centro de Competência Mundial de Desenvolvimento de Chassis e Eixos do Grupo Daimler, em Unterturkheim, na Alemanha.

Com 49 anos de idade e formado em Engenharia Mecânica, Weber iniciou sua carreira no Grupo Daimler, em 1997, na área de Desenvolvimento de Cabinas Caminhões na Mercedes-Benz da Alemanha, seu país de origem. Nesse período, ele liderou vários grupos e tarefas com êxito e, em 2001, foi promovido a gerente de Lifecycle Teste no departamento de Testes de Caminhões.

Em outubro de 2004, o executivo assumiu a gerência sênior de Teste de Caminhões – Lifecycle Teste CoC, na cidade alemã de Wörth. Nos últimos anos, Weber impulsionou a expansão global da Rede de Desenvolvimento Daimler Trucks e contribuiu para o desenvolvimento de testes de campo e de durabilidade na mesma planta. Em dezembro de 2014, Weber veio para a Mercedes-Benz do Brasil, tornando-se responsável pela área Desenvolvimento Conceito de Veículo Completo Mercedes-Benz.

O executivo exercerá suas atividades no avançado Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDT) da Mercedes-Benz do Brasil, o maior da América Latina e do Grupo Daimler fora da Alemanha para veículos comerciais da marca Mercedes-Benz. O CDT é um dos pólos da rede mundial de desenvolvimento da Daimler Trucks, atuando em mesmo nível de competência com outros parceiros da matriz.

A Mercedes-Benz do Brasil é a maior fabricante de veículos comerciais na América Latina e única a produzir, numa mesma planta, caminhões, chassis de ônibus e agregados, além das cabinas de caminhões.

A Mercedes-Benz está há quase 60 anos no País, produzindo caminhões e ônibus. A Empresa já atingiu o marco histórico de mais de 2 milhões de veículos comerciais produzidos no Brasil.

Fonte: Mercedes-Benz




Deixe sua opinião sobre o assunto!