Pesquisa da Volvo mostra que motorista de caminhão está cada vez mais conectado‏

motorista de caminhao caminhoneiro volvo fh




Pesquisa recente desenvolvida a pedido do Grupo Volvo Latin America mostrou que 38% dos caminhoneiros que rodam pelas estradas brasileiras possuem smartphones. “É um índice bastante alto e indica que o motorista e o transportador estão cada vez mais adotando novas tecnologias no ambiente de trabalho”, afirma Daniel Homem de Mello, gerente de marketing da Volvo no Brasil. “Um dado curioso é que, quanto mais longo o trecho, mais conectado é o caminhoneiro. A utilização do smartphone chega a 50% para caminhoneiros que fazem distâncias mais longas”, ressalta Mello.

O levantamento revela outros dados que chamam a atenção: 62% dos ouvidos informam ter desktop (computador de mesa) em casa; 24% dizem ter tablet em casa e 4% afirmam usar tablet nas viagens de caminhão; 38% têm notebook em seu domicílio e 4% declaram que usam notebook na estrada. “Quando olhamos exclusivamente para o caminhoneiro que faz viagens de longa distância, 60% indicam ter notebook em casa”, destaca Mello, lembrando que o motorista de rotas longas é, de uma maneira geral, um profissional que apela mais para a internet.

O levantamento mostra ainda que, dos 38% de motoristas que têm smartphones, 67% usam os aparelhos para fazer ligações, 62% para acessar a internet e 55% para conversar no WhatsApp. “O smartphone do caminhoneiro é usado como uma multiplataforma: além de ferramenta de trabalho, é fundamental para mantê-lo próximo da família e amigos enquanto viaja”, diz Mello. De acordo com a pesquisa, 54% dos motoristas estão no Facebook, 33% usam o aparelho para enviar mensagens e 44% para transmitir fotos.

O estudo revelou também que 31% dos caminhoneiros, ou cerca de um terço do total de pessoas ouvidas, acessam a internet diariamente. “E isto tudo comprova que estamos no caminho certo, pois oferecemos a linha de caminhões mais conectada e mais avançada que existe no mercado”, observa o gerente.

Fonte: Volvo




Deixe sua opinião sobre o assunto!