Vendas de caminhões VW e MAN têm nova sede no Chile‏

sede man (2)




A Porsche Chile SpA, importadora oficial das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN no país latino, acaba de apresentar suas novas instalações para serviços de vendas e pós-vendas no país. Com investimento de mais de R$ 100 milhões, a empresa potencializará o atendimento a clientes, com modernos serviços de assistência técnica, desde diagnósticos e manutenção preventiva, centro para treinamentos e ambiente exclusivo para demonstração de veículos.

Com uma arquitetura totalmente voltada ao conforto dos clientes e flexibilidade para o transporte interno de veículos, a unidade está estrategicamente localizada na capital Santiago, próxima à principal estrada que corta o país. A previsão é que a operação inicie em outubro próximo. “Esta ampliação fortalecerá nossa marca no país, além de conquistar novos nichos de mercado. Com certeza, vamos superar as expectativas dos nossos clientes para que possamos continuar crescendo nos mercados latino-americanos”, explica Ricardo Albuquerque, gerente executivo de Vendas Internacionais da MAN Latin America.

sede man (1)O terreno total conta com 50 mil metros quadrados, com 7.500 metros quadrados construídos, somente nesta primeira etapa, mas que chegarão a 10 mil quando as instalações estiverem operando em plena capacidade. “Este é um grande investimento que muitos qualificaram como arriscada devido ao momento econômico, mas entendemos que é um trabalho em longo prazo, que está em linha com a estratégia global do grupo. Esta nova unidade marca o início de um grande futuro para todos os clientes da MAN e Volkswagen Caminhões e Ônibus em nosso país”, diz Patricio Abrigo, gerente de Caminhões e Ônibus Volkswagen da Porsche Chile.

A Porsche iniciou suas atividades no Chile em 2013 com o objetivo de fortalecer a participação e competitividade da marca Volkswagen nos países emergentes. Os números consolidam a importância deste mercado: de janeiro a junho de 2015, mais de 330 caminhões e ônibus foram adquiridos da MAN Latin America.

Fonte: MAN Latin America




Deixe sua opinião sobre o assunto!