COLUNA ED TREVISAN – Por que este fim das Olimpíadas e a votação final pelo Impeachment de Dilma podem trazer novo ânimo para o setor de transporte rodoviário de cargas?

Brasil-Rio-2016-1260x710

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Estes dois eventos estão chegando ao fim, as Olimpíadas Rio 2016 estão terminando, e o Brasil acabou ficando com um índice de medalhas abaixo da meta estabelecida, porém com vitórias de esportes coletivos muito festejados por todos nós.

Em um dia o nosso futebol masculino traz o que aguardávamos há 120 anos, o único título que faltava para a coleção vitoriosa canarinho, a medalha de ouro em jogos olímpicos.

No dia seguinte a seleção masculina de vôlei conquista seu tri campeonato no Maracanãzinho, sendo o único país a participar de 4 finais olímpicas consecutivas na história.

Esses dois últimos resultados nos esportes podem ser considerados como uma redenção destes jogos que poderiam ter sido uma catástrofe.

Imagine se tivéssemos que engolir mais algumas decepções num país que já vem sofrendo tanto por problemas econômicos dos últimos anos?

Agora imagine que vitórias como essas podem trazer de volta a confiança de toda uma nação, fazendo com que setores outrora estagnados possam retomar por um mínimo de esperança.

E o momento não poderia ser mais oportuno para a votação final pelo impeachment de Dilma Rousseff, isso porque, com uma decisão favorável ao afastamento definitivo, certamente teremos mais uma renovação pela esperança, e a confiança do empresariado seguirá em retomada.

Não é à toa que a economia já dá sinais de melhora, mas será preciso mais esse passo para que voltemos a pensar nos dias de bonança que vivemos na última década.

Mas o transporte rodoviário de cargas, o que tem a ver com tudo isso?

Costumo pensar que alguns ramos são extremamente sensíveis à economia, e por isso é fácil identificar oportunidades e desafios apenas olhando para o cenário econômico.

Da mesma forma que a indústria de papelão é considerada um termômetro para economistas, pois na queda na produção deste material há indícios de menos produção das indústrias manufatureiras, podemos dizer que o transporte rodoviário de cargas é quem entrega mais de 60% de tudo que é produzido.

Ou seja, qualquer sinal de melhora na economia se torna uma oportunidade para quem atua na logística.

Aos empresários e trabalhadores no ramo de transporte, é preciso olhar com esperança para o momento atual, não no sentido de reforçar investimentos, mas de se dar um voto de confiança, tanto em si quanto nos brasileiros.

Num país de dimensões continentais existem inúmeras oportunidades de fretes e cargas, bastando olhar com cautela, foco e perseverança, que o sucesso irá aparecer.

Da mesma forma que os times de futebol e vôlei começaram mal as Olimpíadas, e hoje ostentam uma medalha de ouro no peito, nós também podemos buscar a medalha dourada, mas isso depende do esforço de cada um de nós.

A todos os brasileiros, não somente da área de transporte rodoviário, eu desejo do fundo do meu coração que possamos nos permitir sonhar com uma economia melhor e com um país melhor, porque uma coisa o estrangeiro que foi ao Rio de Janeiro pôde com certeza ver, a alegria desse povo que não desiste nunca.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *