FPT Industrial fecha parceria com SENAI para formação na área de motores diesel




motor senai fpt

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A FPT Industrial, uma das maiores produtoras de motores diesel do mundo, firmou parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) para treinamento de instrutores e doação de motores que serão utilizados nos cursos profissionalizantes da unidade “Mariano Ferraz”, localizada em São Paulo.

De acordo com a organização do SENAI, os propulsores deverão contribuir com o aprendizado de mais de 300 alunos por ano no curso regular de Aprendizagem Mecânico Automobilístico e na FIC – Formação Inicial e Continuada – nos cursos com os títulos Mecânico de Motor Ciclo Diesel e Mecânico de Injeção Diesel. Além disso, os instrutores do SENAI serão orientados pelo time de treinamento da FPT Industrial para que tenham total domínio teórico e técnico sobre os equipamentos doados, seus componentes e manutenção.

De acordo com Eduardo Pedreira, coordenador de atividades técnicas do SENAI “Mariano Ferraz”, a doação dos motores demonstra a preocupação da empresa com os profissionais que amanhã estarão realizando a manutenção dos seus produtos, fortalecendo, assim, a relação com o mercado consumidor e o setor de reparação. “Apesar de ter sido criado e ainda ser mantido com recursos da indústria, o SENAI não consegue se manter tecnologicamente atualizado devido à alta velocidade que é imposta pelo mercado. Sendo assim, parcerias como a concretizada com a FPT Industrial são imprescindíveis para a manutenção da qualidade e fortalecimento dos nossos cursos profissionalizantes”, finaliza.

Com a ação, a FPT passa a cooperar diretamente com o desenvolvimento e a qualificação dos futuros profissionais que atuarão com mecânica diesel nos segmentos automotivo, de construção e agrícola, diz Alexandre Xavier, Diretor de Engenharia da FPT na América Latina. “Talvez esse seja o primeiro contato de muitos alunos com um motor diesel e cabe à FPT compartilhar todo o conhecimento sobre o avanço da tecnologia presente em nossos equipamentos”, finaliza. Com a parceria, o SENAI passa a ser mais uma opção de centro de treinamento para produtos da marca, capilarizando ainda mais os polos de treinamento técnico FPT no Brasil.

Os motores da família NEF doados são aplicados em diversos setores, com aplicação em máquinas agrícolas e de construção, caminhões e geradores de energia. O motor N45 possui potência máxima de 82 kw, enquanto o N67 varia de 82 kw até 205 kw.

Os cursos técnicos

O curso regular de aprendizagem industrial é aberto a candidatos indicados por empresas e caso o número máximo de vagas não tenha sido preenchido, o processo seletivo é aberto para candidatos da comunidade local que tenham no mínimo 14 anos e com ensino fundamental concluído. Já o curso de Formação Inicial e Continuada é aberto a todos os interessados com idade a partir de 16 anos e cursando o nível fundamental a partir da 6ª série.

Os cursos são voltados para formação e capacitação profissional. Ao longo das aulas, os alunos desenvolvem competências em diagnosticar falhas, realizar a manutenção preventiva e corretiva, utilizar ferramentas e seguir os procedimentos técnicos, ambientais e de segurança. A carga horária dos cursos é variada. O curso de Aprendizagem Industrial requer 1600 horas. Já os cursos de Formação Inicial e Continuada exigem 180 horas no módulo Mecânico de Motor Ciclo Diesel e 80 horas no Mecânico de Injeção Diesel.

Os alunos passam por avaliação no decorrer de todo o curso e para que sejam aprovados, devem comprovar, no mínimo, 50% de aprendizado. As aulas são ministradas por instrutores do próprio SENAI, previamente treinados por engenheiros e técnicos da FPT Industrial. Os interessados já podem se inscrever por meio do site do SENAI, onde estão disponíveis todas as programações.

Parcerias com instituições de ensino já fazem parte do histórico da FPT Industrial

Esta não é a primeira vez que a FPT adota ações para qualificação profissional. Em 2015, a FPT Industrial firmou parceria com a UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais – para desenvolvimento de projetos que envolveram tanto colaboradores da empresa como professores e alunos da universidade.

Seguindo a mesma linha, a FPT Industrial participou da III Semana de Engenharia de Produção da UFMG, que teve como objetivo gerar oportunidades profissionais e expandir as relações entre a universidade e as grandes empresas do setor.

Já a parceria com a PUC de Minas Gerais – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – envolveu a doação de dois motores, um F1A e um F1C. Os modelos foram direcionados aos laboratórios da universidade e rodam em bancadas para apoiar o desenvolvimento dos estudos e pesquisas dos alunos do curso de Engenharia Mecânica.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *