Scania tem o semipesado mais valorizado da categoria

P310_DB8x2

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Uma semana após comemorar os cinco anos de atuação nos semipesados, a Scania foi contemplada com o prêmio Maior Valor de Revenda, que elegeu o P 310 8×2 como o modelo de menor índice de depreciação na categoria. O semipesado registrou apenas -22,4% de perda do valor em comparação com o veículo novo, num período de três anos, e desbancou 22 oponentes de outras marcas. A premiação foi realizada ontem na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região (Setcesp).

“Para completar nossa comemoração pelo sucesso dos cinco anos da linha de semipesados, nada melhor do que ganhar um prêmio. Saber que o P 310 8×2 é o semipesado mais valorizado da categoria comprova que entregamos o que prometemos ao cliente. Ou seja, investir na Scania garante resultado durante a operação e também na hora da revenda”, afirma Victor Carvalho, diretor de Vendas de Caminhões da Scania no Brasil.

O valor de revenda está entre as quatro principais preocupações da maioria dos transportadores para definir a compra de um veículo comercial. As demais são valor de aquisição do caminhão, custos operacionais que envolvem manutenção e economia de combustível, e a ergonomia do produto. “Em razão disso, ter um excelente valor de revenda é um dos pilares da Scania. Somos incansáveis em trazer melhorias para que nossas linhas de produtos ofereçam sempre a melhor solução para o transportador.”

Metodologia

O prêmio Maior Valor de Revenda é dividido em duas modalidades: utilitários e caminhões (que engloba cinco categorias). Para chegar ao índice de depreciação é feito um estudo com base em pesquisa de novos e usados (identificados por marca, modelo e versão), da Molicar, tradicional empresa fornecedora desse tipo de informação.

A Molicar apura o valor comercial atualizado de todos os veículos que compõem a frota circulante do País, a partir de dados enviados por milhares de revendas autorizadas e independentes. A definição dos vencedores leva em conta um período de três anos de uso do caminhão. Foram comparados os preços do 0km no primeiro quadrimestre dos últimos três anos ante os resultados apurados no mesmo período de 2016. Para evitar distorções, o levantamento contempla os modelos que alcançaram o mínimo de 50 unidades licenciadas no ano anterior à realização da pesquisa, provenientes do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). A premiação é realizada pela Agência Autoinforme e a revista Frota&Cia.

Fonte: Scania




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *