BMB comemora seus 15 anos de mercado‏

bmb-mode-center

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Hoje (27/09), a BMB, centro de customização de veículos exclusivo da MAN Latin America, completa seus 15 anos de mercado com mais de 130 mil unidades modificadas. A empresa tem uma participação média de 23% sobre o volume total de emplacamentos dos caminhões e ônibus Volkswagen e MAN no mercado brasileiro e já iniciou seu primeiro processo de internacionalização.

A empresa foi a primeira no Brasil a realizar adaptações entregando garantia de fábrica. Atualmente com mais de 100 funcionários, a customizadora já chegou a modificar mais de 10 mil veículos em um único ano. Ela conta com uma gama de mais de 20 modelos diferentes em seu portfólio e está localizada a 100 metros da fábrica da MAN, em Resende, no Estado do Rio de Janeiro.

Até o fim do ano, a BMB abrirá sua primeira operação internacional. A empresa fechou um acordo com a MAN Latin America para a criação de um pioneiro centro de customização de veículos no México com garantia de fábrica, que ficará próximo à montadora em Querétaro. Para atender às demandas do mercado mexicano, a nova fábrica irá agregar ao portfólio modelos com suspensões pneumáticas, como já faz no Brasil.

Marcos Balbinot, presidente da BMB, explica que a consolidação da customizadora no mercado e seu crescimento contam com a força de vontade em se especializar em cada segmento e com o forte apoio da MAN Latin America. Para ele, o mercado ainda tem muito a crescer.

“Para nós, o céu é o limite. O que nos motiva é saber que ainda temos muito a fazer. Existe um mercado grande para veículos especiais e queremos ampliar cada vez mais nosso atendimento. Por isso, contamos com a parceria com a MAN Latin America para nosso aprimoramento constante e para maior capacidade de relacionamento com os clientes.”

Em seu portfólio, constam diversos sucessos no mercado, como veículos com um segundo eixo direcional, com mais de 6 mil unidades vendidas. É o caso dos modelos Constelattion 30.330 e 25.420 com suas versões 8×2, e do novo Worker 17.330 6×2/4 Distributor, implementado de fábrica, preparado para o transporte de bebidas. Para aplicações severas, um dos exemplos desenvolvidos é o TGX Crossover, com chassis elevados e maior ângulo de ataque e saída.

A atuação da BMB é sistemática e efetiva. O primeiro passo é identificar o nicho e entender suas especificidades, visitando os clientes e propondo soluções. Depois de conhecer a fundo essas necessidades, começa o desenvolvimento das adaptações nos veículos e o acompanhamento do processo. O serviço de pós-venda conta com grande cumplicidade entre os fornecedores e compradores, já que a companhia construiu um know-how bastante sólido no mercado.

Parceria sob medida

A parceria entre MAN Latin America e BMB fez com que, há 15 anos, um modelo diferente de produção de caminhões fosse lançado. Por volta do ano 2000, a Volkswagen Caminhões e Ônibus decidiu que queria atender seus clientes de forma personalizada, atuando de acordo com as necessidades individuais de cada um.

Por conta disso, resolveu adotar, oficialmente, o conceito “Sob Medida”, utilizando o slogan: “menos você não quer, mais você não precisa”. A ideia caiu no gosto do mercado e a demanda se intensificou. Foi então que a montadora tomou uma iniciativa diferente.

Marcos Balbinot, sócio fundador da BMB Mode Center, e Agenor Boff, cofundador, foram convidados pela Volkswagen Caminhões e Ônibus para montar um centro de customizações que atendesse exclusivamente às demandas da montadora. “Nós acreditamos no negócio e eles acreditaram que nós éramos a solução. Hoje, vivemos uma parceria espetacular e recebemos muito apoio da MAN, estreitando cada vez mais nossa relação”, explica Marcos.

Know-how ganha as telas

proteusA história da BMB conta com um capítulo importante com sua participação no programa “Carga Pesada”, da rede Globo. A emissora tinha dificuldades em gravar a série, que acontecia com os atores encenando enquanto dirigiam na estrada. Por isso, a BMB, em parceria com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, desenvolveu um caminhão cenográfico. Um estúdio e uma cabine de cavalo mecânico VW foram colocados sobre um chassi de ônibus VW 17.240 OT. Isso permitiu que os atores contracenassem enquanto um motorista dirigia e possibilitou que as câmeras simulassem imagens em movimento do caminhão sem grandes problemas.

Fonte: MAN Latin America

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *