Em SP, pedras de obra do Rodoanel são usadas para assaltar motoristas

f_363933

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Pedras do canteiro de obras do trecho norte do Rodoanel estão sendo utilizadas por bandidos para forçarem a parada de motoristas, que acabam sendo assaltados na rodovia Fernão Dias.

O trecho mais perigoso fica entre os quilômetros 79 e 82, entre Guarulhos, na Grande São Paulo, e o Jardim Cachoeira, zona norte. No trecho estão sendo feitas alças do Rodoanel para a Fernão Dias, com acesso fácil ao entulho e às pedras utilizadas nas obras.

No último sábado à noite, muitos motoristas tiveram os pneus estourados pelas pedras e pararam em um posto de gasolina no quilômetro 85, próximo ao Terminal de Cargas.

A reportagem conversou com policiais rodoviários federais que disseram que o posto policial do quilômetro 82 está desativado – sem telefone ou internet – e serve apenas como base de apoio.

A base policial mais próxima do trecho onde ocorrem os assaltos fica a 37 quilômetros dali, em Atibaia.

Os policiais também afirmaram que, por falta de carros, eles se revezam entre o trecho de serra, e o mais próximo da base desativada, a quatro quilômetros dali. Isso facilita a ação dos criminosos, que usam favelas e áreas invadidas como rota de fuga.

Fonte: Band




Um comentário em “Em SP, pedras de obra do Rodoanel são usadas para assaltar motoristas

  • 23/09/2016 em 16:44
    Permalink

    mão são de hoje estar tal pedras ja tomei duas no vidro e outas que atijirão outras partes da caminhão

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *