Volare anuncia desenvolvimento de veículo 100% elétrico




volare_eletrico_1

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A Volare, líder nacional da produção de veículos leves para o transporte de passageiros, anuncia que está desenvolvendo um novo modelo, com motorização 100% elétrica. A montadora prevê apresentar o protótipo do novo miniônibus no início de 2017.

O projeto do novo Volare elétrico conta com a parceria da BYD, empresa líder mundial no desenvolvimento de powertrain para veículos elétricos, e prevê a produção no Brasil . O desenvolvimento teve início em 2014 e faz parte da estratégia de fabricante para oferecer veículos com as mais avançadas tecnologias e que atendam a demanda brasileira e internacional, sobretudo com relação à emissão de poluentes.

“Com o novo Volare elétrico, vamos oferecer um produto único em todo o mundo em sua categoria, 100% elétrico, de piso baixo e totalmente acessível, e de dimensões reduzidas, ideal para utilização nos centros urbanos”, destaca Roberto Poloni, diretor de engenharia da Volare.

“Nossa engenharia desenvolveu um projeto priorizando o espaço interno e acessibilidade ao passageiro, com este enfoque foi necessário um trabalho em conjunto entre as engenharias da Volare e da BYD, para a concepção deste grande projeto, que resultou em uma revisão de posicionamento de equipamento, desde a carroceria como o chassis, gerando um veiculo diferenciado na sua categoria.

volare_eletrico_2O veículo é totalmente novo e está sendo projetado para oferecer maior espaço interno, com a configuração das baterias e do powertrain em posição que proporcionem o máximo de eficiência, redução de custos operacionais e de pesos total (um dos grandes desafios dos veículos elétricos)

O novo veículo terá 9.095mm de comprimento, 2.985mm de altura e 2.360mm de largura, com piso baixo, motores nas rodas traseiras e capacidade para cerca de 45 passageiros (20 sentados e 25 em pé). A motorização será BYD, com 90 kW de potência e 450 Nm de torque máximo, com as baterias no teto e na traseira. “Outro diferencial é que a recarga total poderá ser feita apenas três horas”,. Para tornar mais eficiente a utilização da energia, o novo veículo contará ainda com sistema de regeneração da energia da frenagem.

Fonte: Volare




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *