Aeroportos do Piauí recebem caminhões de bombeiros Scania




caminhnao-de-bombeiros-scania

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil entrega até amanhã (5) mais dois Carros Contraincêndio de Aeródromos (CCI), desta vez no estado do Piauí. Com isso, 88% dos veículos comprados para qualificar a aviação regional no País já estarão entregues. O primeiro caminhão vai para o aeroporto de Picos, e o segundo veículo vai para o terminal de São Raimundo Nonato.

Segundo o secretário de Aviação Civil, Dario Lopes, os investimentos fazem parte das diretrizes da Política Nacional de Aviação Civil para o desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária na aviação regional. “Contratamos, via convênio com os estados ou por compra direta, 89 veículos, no valor total de R$ 123 milhões. Desses, 78 já foram entregues para atender 71 aeródromos regionais em 19 estados brasileiros”, destaca.

Lopes salienta que essa qualificação do aeródromo é uma pré-condição para a existência de voos regulares. “O que fazemos é disponibilizar a infraestrutura necessária para possibilitar a operação de maneira satisfatória e segura para os passageiros; o resto cabe à iniciativa privada realizar”, afirma.

O tipo de CCI comprado e doado pela Secretaria a cada aeródromo tem por critério o porte da operação dos terminais, garantindo a melhoria da segurança operacional, bem como o início ou a retomada das operações de aeronaves comerciais nesses aeródromos regionais. Os municípios piauienses receberão veículos do tipo 3, com valor estimado em mais de R$ 1 milhão cada.

A entrega oficial dos carros é feita durante as visitas da secretaria a essas localidades, quando também é realizada a inspeção desses equipamentos. A meta da SAC é entregar outros 11 CCIs ainda este ano, atendendo a trâmites legais dos convênios com os governos estaduais.

Entregas

Os primeiros CCIs foram entregues pela Secretaria de Aviação Civil em fevereiro de 2014, no estado do Mato Grosso, para atender os aeroportos de Rondonópolis, Alta Floresta e Sinop. Do pacote de 89 comprados, ainda restam 11 caminhões a serem doados oficialmente. Os veículos atenderão terminais regionais de Norte a Sul do Brasil. Para receber os carros, os aeródromos precisam ter equipes preparadas para operá-los (Bombeiros de Aeródromo), bem como ter espaço para abrigar esses veículos (Seção Contraincêndio) e um responsável pelo aeroporto.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *