DAF celebra três anos de produção em Ponta Grossa

Fábrica DAF Caminhões (5)

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A DAF Caminhões Brasil, subsidiária da Paccar, celebra, neste mês de outubro, três anos de atuação no país. A fábrica iniciou a produção do primeiro caminhão exatamente no dia 2 de outubro de 2013, quando uma cerimônia foi realizada na unidade fabril, com a presença do presidente mundial da Paccar, Mark Pigott, e do governador Beto Richa. Para comemorar a data, um evento será realizado na próxima semana, entre os dias 5 e 6, para convidados.

No evento, estarão presentes o Presidente da DAF Caminhões Brasil, Michael Kuester; o Diretor Comercial da DAF Caminhões Brasil, Luis Gambim; e o Diretor da Paccar Parts no Brasil, Carlos Tavares. Eles apresentarão um balanço dos últimos anos e estratégias para 2017, tanto na divisão de caminhões, quanto em peças. Um tour pela fábrica será realizado, inclusive nas novas instalações da linha de motores, e os presentes poderão testar caminhões da montadora.

Neste período de três anos, mais de mil caminhões foram produzidos na cidade. No momento, dois modelos diferentes são montados, o extrapesado XF 105 e o pesado CF 85, todos com inúmeras variações, como tração/eixos, cabine e motorização. Hoje, saem da fábrica Três caminhões por dia, com a perspectiva de fechar o ano com a montagem de quatro unidades. No total, a fabricante emprega cerca de 250 pessoas de forma direta no município. O investimento inicial do grupo em Ponta Grossa foi de US$ 200 milhões (cerca de R$ 650 milhões), mas foi ampliado posteriormente com a ampliação das estruturas, como a inclusão da linha de montagem de motores.

Montadora eleva vendas em 2016

A DAF, ao contrário da média do retraído mercado nacional, apresenta crescimento nas vendas. No acumulado de janeiro até agosto, 436 caminhões foram emplacados, segundo números da Fenabrave. Esse montante praticamente igualou o total emplacado em 2015, quando 443 caminhões da montadora holandesa foram registrados. O extrapesado XF 105 possui o maior share da marca, com 373 unidades emplacadas. Assim, o modelo apresenta uma participação de mercado de 3,35% no segmento de extrapesados, com apenas 25 unidades a menos que o sexto do ranking, o Mercedes-Benz Atron 2729. O líder é o R440, da Scania, com participação de 11,3% (1.267 unidades vendidas).

Fonte: Jornal da Manhã




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *