Fiorino mantém motor 1.4 e ganha nova versão na linha 2017




fiorino-2017-3

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Lançada no fim de 2013, a atual geração do Fiat Fiorino chega à linha 2017 sem as mudanças visuais e mecânicas recentemente lançadas para o Uno, do qual o furgão leve é derivado. Mas isso não significa que o utilitário também não ganhou novidades: uma delas é a chegada da versão Hard Working, com preço sugerido de R$ 60.390 e que se destaca pela maior oferta de itens de série.

A configuração de entrada 1.4 Evo Flex, por sua vez, custa R$ 53.340 e agora sai da fábrica equipada com brake light e comando interno dos retrovisores. Opcionalmente, pode trazer direção hidráulica, preparação para som, sistema de som com USB e volante com regulagem de altura.

fiorino-2017-2Quem busca um carro para trabalhar, mas não abre mão do conforto, tem no Fiorino Hard Working a opção mais indicada. Essa configuração traz de série ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, direção hidráulica, brake light, travas e vidros elétricos, computador de bordo, volante ajustável em altura, comando interno dos retrovisores externos, faróis de neblina, preparação para som e revestimento do assoalho de carga. Esse Fiorino pode ficar ainda mais completo com a adição de opcionais como sensores traseiros de estacionamento e som com USB, sem contar os mais de 40 acessórios originais Mopar.

fiorino-2017-1Enquanto o Uno ganhou novos motores flex 1.0 de três cilindros e 1.3 de quatro cilindros, o Fiorino mantém o propulsor bicombustível Evo de 1,4 litro, que rende até 88 cv de potência e 12,5 kgfm de torque, sempre associado à transmissão manual de cinco marchas. O baú tem capacidade volumétrica de 3.100 litros e pode transportar 650 kg de carga útil.

Fonte: Auto Estrada




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *