Manipuladores New Holland garantem o resgate em segurança dos carros no GP Brasil de F-1 2016




treinamento-f1-599

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Pelo quinto ano, o amarelo das máquinas da New Holland Construction vai se misturar às diversas cores de equipes e carros que participam do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Serão 14 manipuladores da marca, modelos LM1745 e LM1445, que vão apoiar a equipe de resgate durante os treinos e a corrida no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), entre os dias 11 e 13 de novembro.

As máquinas, também conhecidas como telehandlers, possuem tecnologia de ponta e desempenho equivalentes aos carros competidores. “A escolha do manipulador da New Holland pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) se deve à facilidade com que o maquinário é utilizado em resgates, pela rapidez com que se movimenta e por ter a opção de fazer o trabalho atrás das barreiras de contenção, ou seja, sem a necessidade de entrar na pista”, explica o especialista de Marketing de Produto, Rafael Barbosa. O telehandler carrega até 4,5 toneladas.

Os equipamentos ficarão posicionados em pontos estratégicos da pista. O equipamento modelo LM1745 alcança até 16,6 metros de altura, o que representa um prédio de cinco andares. “É uma máquina multifuncional. Quem a utiliza em projetos tanto de construção e infraestrutura como agricultura tem antecipado prazos, tamanho os benefícios que proporciona. Seja na descarga de caminhão, na manipulação de pallets ou fardos de palha de cana-de-açúcar e até substituir empilhadeira devido à capacidade de levante ou no carregamento de big bags”, completa Barbosa.

Resgate mais seguro

O que existe de similar em um carro de competição, que irá correr no GP Brasil, e um manipulador telescópico da New Holland Construction, que irá atuar em Interlagos? As cabines dos telehandlers possuem os conhecidos certificados ROPs e FOPs, como células de sobrevivência iguais às dos cockpits dos bólidos da Fórmula 1.

Outra similaridade está em seu sistema de segurança. Para garantir a integridade do operador, os manipuladores telescópicos têm vários sensores, como a célula de carga para tombamento que o informa das situações de risco, de maneira similar às dos carros de Fórmula 1, que possuem vários sensores e em qualquer risco indicam ao piloto o que deve ser feito. Além disso, todos os equipamentos possuem controle elétrico-hidráulico, que garante precisão milimétrica nas operações.

Para a corrida de 2016, serão realizados três dias de treinamentos do Campo de Provas da marca, em Sarzedo (MG), e quatro oficiais em Interlagos (SP).

Múltiplas aplicações

Os manipuladores telescópicos New Holland Construction são um dos equipamentos mais versáteis da indústria de máquinas e servem para múltiplas aplicações, sendo a construção civil uma das principais. Atualmente eles são muito utilizados em obras de empreendimentos industriais e edificações, além de várias aplicações no agronegócio, como carregamento de big bags e na manutenção de infraestrutura.

A Fórmula 1 sempre foi famosa por ter equipamentos de ponta e alta tecnologia embarcada em seus carros, que podem ser monitorados a distância. Da mesma forma, hoje isso acontece com os manipuladores telescópicos, que podem receber um avançado sistema de telemetria conhecido como FleetForce, que fornece a distância informações sobre utilização do equipamento. Ou seja, se a máquina estiver numa obra no Pará, o seu dono pode acompanhá-la em tempo real de São Paulo, por exemplo.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *