Rodovias estaduais do RS terão controle de peso de cargas dos veículos




pesagem de caminhoes

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A Secretaria dos Transportes deve lançar até o final do ano um projeto de implantação de balanças nas rodovias estaduais do Rio Grande do Sul para controlar o peso das cargas de veículos. O anúncio foi feito pelo secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, em entrevista ao vivo para o programa Governo em Rede, da Radio Web Piratini, nesta quarta-feira (19). “Atualmente, não há respeito. Na maioria dos casos, os grandes responsáveis pela deterioração das rodovias são aquelas pessoas que trafegam com peso de carga acima do que a estrada suporta”, afirmou.

O secretário apresentou as ações preventivas do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e como as drenagens auxiliaram as estradas nos períodos de chuva. “Tivemos poucos problemas estruturais até agora. A maioria das interrupções que aconteceram foi por passagens de água por cima das pistas”, ressaltou. Ele acrescentou que as ações de prevenção são características da gestão do governo, que está preparado para restabelecer as estradas o mais breve possível.

Westphalen contou também que, após uma força tarefa, o órgão conseguiu concluir licitações de rodovias, recuperar praticamente todos os restauros com problemas contratuais, estruturais, ambientais e burocráticos da gestão anterior. Sobre o Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema), foram concluídos os três projetos de Erechim que colocaram em funcionamento mais de 170 quilômetros de estradas. Os contratos relativos a Passo Fundo, Santa Maria e Palmeiras das Missões também foram finalizados.

O secretário abordou ainda a importância da parceria com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), novos projetos para hidrovias, incentivos para aviação regional, além de responder a perguntas de emissoras do interior.

Fonte: Divulgação




3 comentários em “Rodovias estaduais do RS terão controle de peso de cargas dos veículos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *