Saiba em quais estradas você deve tomar mais cuidado ao dirigir um guindaste

guindastes-munck-sany-stc800

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Estradas sempre são mais perigosas do que ruas e avenidas, pois os veículos trafegam com muito mais velocidade. Além disso, grande parte dos motoristas não têm muita experiência em rodovias, o que aumenta ainda mais a chance de acidentes. Por isso, você deve dirigir um guindaste ou caminhão com o máximo de cuidado, ainda mais por ser um veículo de grande porte.

Uma pesquisa feita no ano de 2015 mostrou que 57,3% das estradas brasileiras apresentam algum tipo de problema. Outro dado interessante é que 78,3% das rodovias concessionadas tiveram classificações positivas, enquanto apenas 34,1% das rodovias públicas foram classificadas assim.

A região onde uma estrada se encontra também diz muito a seu respeito. 76,0% das estradas da região Norte apresentam algum tipo de problema, enquanto a porcentagem para as estradas do Centro-Oeste, Nordeste, Sul e Sudeste são de 60,5%, 56,1%, 22,7% e 16,5%, respectivamente.

Em algumas estradas, a incidência de acidentes é maior do que em outras e, por isso, os motoristas devem tomar ainda mais cuidado, para garantir sua segurança e a dos outros motoristas. Confira algumas das estradas mais perigosas do Brasil, e tenha cuidado ao trafegar por elas!

Atenção ao dirigir um guindaste na BR-040

Um estudo realizado em 2016 indicou que uma parte da BR-040, que interliga Belo Horizonte ao Rio de Janeiro, é considerada a mais perigosa de todo o Brasil para motoristas de guindaste, caminhão e veículos similares. Um dos motivos do grande número de acidentes é que as pistas não são separadas por canteiros ou muretas.

Uma recomendação que serve para essas e todas as outras estradas é que os motoristas não dirijam se estiverem com sono. No trecho citado, boa parte dos acidentes aconteceu por que os motoristas estavam sonolentos, o que compromete seriamente a atenção e os reflexos do motorista.

Tombamentos na BR-116

Um trecho de apenas 10 quilômetros da BR-116, localizada no sul de Curitiba, foi considerado o trecho mais perigoso do estado do Paraná, no ano de 2015. O principal motivo de acidentes foi o tombamento de caminhões, que acontecem, em sua maioria, graças a tentativas de ultrapassagens proibidas.

Dia e horário mais perigosos nas estradas

De acordo com o estudo de 2016 que já foi citado, o horário no qual acontecem mais acidentes nas rodovias federais é entre 18h e 20h. O domingo foi considerado o dia mais perigoso da semana, com média de 28 acidentes fatais a cada domingo. A explicação da Polícia Federal para isso é o fato de que os carros costumam estar mais cheios em finais de semana, além da falta de experiência de muitos condutores em estradas. Então, tenha atenção redobrada para guiar um guindaste nesses dias e horários.

Os trechos citados são alguns dos mais perigosos de acordo com estudos, mas é sempre importante prestar atenção no trânsito. Mesmo em estradas conhecidas, tome muito cuidado, pois nesses trechos é comum que o condutor relaxe e preste menos atenção, o que pode ser fatal para você ou para outros, ainda mais ao guiar um guindaste ou um caminhão, que é um veículo grande. Afinal, todos querem chegar ao seu destino com segurança, não é mesmo?

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *