Scania inicia no Recife demonstração do primeiro ônibus nacional movido a GNV/biometano




onibus_gnv_-_recife-2

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Recife se tornou a primeira cidade do Nordeste a receber a demonstração do primeiro ônibus nacional movido a GNV/biometano. A parceria envolve o Governo do Estado, a Secretaria das Cidades por meio do Grande Recife Consórcio de Transportes, a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), a Empresa Metropolitana e a Scania e a Casa Scania Movesa. O veículo ficará rodando desta quarta-feira até o dia 10 de novembro levando passageiros no transporte público.

A linha escolhida para a demonstração é a 117 – Circular (Prefeitura/Cabugá), que trafega pelas principais ruas do Centro do Recife. Em seu itinerário diário, são utilizados nove veículos, que realizam 149 viagens, para uma demanda de 5 mil usuários/dia. A responsável pela operação é a Empresa Metropolitana.

O primeiro ônibus nessa configuração no País, teve como destino inicial a cidade de Sorocaba (SP), onde fez demonstrações em setembro. Anteriormente, a Scania trouxe para o Brasil um veículo similar sueco, que participou de demonstrações em 2014 e 2015.

“Desde quando a Scania trouxe o modelo sueco, no fim de 2014, para uma série de apresentações, o veículo, que utiliza como combustível biometano, GNV ou uma mistura de ambos em qualquer proporção, vem despertando o interesse da sociedade como uma solução para mobilidade urbana mais sustentável, considerando os aspectos sociais, ambientais e econômicos”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil. “Esse ônibus chama a atenção pela redução de custos operacionais por quilômetro rodado, bem como da poluição sonora e de emissões. Em comparação com um veículo similar a diesel, aliás, ele emite 85% menos gases poluentes, se abastecido com biometano, e 70%, se estiver com GNV.”

“A Scania tem certeza que os parceiros envolvidos ficarão surpreendidos com os resultados ao final do período de demonstração. As encomendas poderão ser feitas em 2016 com entregas a partir de 2017. Mais do que demonstrações com os usuários, queremos provar que essa solução é viável para a mobilidade urbana, que necessita de medidas sustentáveis urgentes.”

O ônibus que está sendo usado no Recife é um modelo K 280 6×2, de 15 metros, com capacidade para até 130 passageiros. Ele é equipado com motor de 280 cavalos de potência. O modelo recebe um trem de força importado da Suécia, pois seu motor já atende a geração mais avançada da legislação de emissões, a Euro 6. No Brasil, a lei atual exige conformidade com a norma equivalente à Euro 5.

Para se tornar um ônibus movido a biometano e GNV não são necessárias muitas mudanças na carroceria tradicional. O modelo tem seis cilindros do combustível – cada um com capacidade de 200 litros – e instalados no teto. Para tanto, a carroceria foi reforçada. Sua autonomia é de aproximadamente 300 quilômetros.

Fonte: Scania




Um comentário em “Scania inicia no Recife demonstração do primeiro ônibus nacional movido a GNV/biometano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *