Vendas de caminhões recuaram 4,6%




linha de montagem iveco

800x150_blogodocaminhoneiro_02

As vendas de caminhões em setembro apresentaram baixa de 4,6% com relação a agosto (4,2 mil unidades contra 4,4 mil) e de 29,2% frente a setembro de 2015, quando 5,9 mil produtos foram licenciados. O total de unidades comercializadas no acumulado ficou 30% abaixo, com 38,9 mil unidades este ano contra 55,5 mil no ano passado. Os dados são da Anfavea, a associação que reúne as fabricantes de veículos automotores do Brasil.

A produção recuou 21,7% no acumulado do ano ao se defrontar as 46,4 mil unidades em 2016 com as 59,3 mil do ano anterior. Em setembro 4,8 mil unidades saíram das linhas de montagem, o que significa queda de 7% frente as 5,2 mil de agosto e de 16,7% com relação as 5,8 mil de setembro do ano passado.

O único dado positivo foram as exportações, que permaneceram em alta em setembro: foram 2,5 mil no último mês e 1,5 mil em agosto, o que representou elevação de 66,9%. Quando comparado com as 2 mil de setembro do ano passado, o registro é de crescimento de 24,4%.

Na soma de janeiro a setembro deste ano, 15,3 mil unidades foram exportadas, resultado menor em 0,7% frente as 15,4 mil unidades de 2015.

As vendas de ônibus encerraram setembro com diminuição de 42,4% na comparação das 701 unidades no mês com as 1,2 mil licenciadas em agosto. No comparativo contra setembro do ano passado, a retração foi de 46,2%, com 1,3 mil unidades naquele período. Nos nove meses já transcorridos do ano o recuo foi de 32,2%, quando comparadas as 9,3 mil unidades vendidas este ano com as 13,7 mil no ano passado.

No último mês foram produzidos 2,1 mil chassis para ônibus, superior em 46,4 % sobre os 1,5 mil de agosto e 24,1% acima do mesmo período do ano passado, com 1,7 mil. O acumulado registra 14,5 mil unidades fabricadas, 22,5% menor frente as 18,7 mil do ano passado.

Fonte: Portal Transpodata




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *