Banco Central define condições de refinanciamento para transportadores




scania streamline r 440 6x2 highline

800x150_blogodocaminhoneiro_02

O Banco Central definiu as regras para que transportadores rodoviários de cargas possam renegociar financiamentos realizados para aquisição e arrendamento mercantil de caminhões e implementos rodoviários. A resolução nº 4.530, de 27 de outubro de 2016, foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (1º).

O refinanciamento será possível para operações contratadas até 31 de dezembro de 2015. Conforme o texto, o prazo para formalização das operações de refinanciamento é até 30 de dezembro de 2016 e será cobrada Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) + 2,5% a.a. (dois e meio por cento ao ano).

A renegociação será de até 12 parcelas com vencimento a partir da formalização da operação, que poderá ser realizada pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e por instituições financeiras credenciadas por ele.

O refinanciamento pode ser acessado por pessoas físicas residentes e domiciliadas no país do segmento de transporte rodoviário de carga; empresários individuais, empresas individuais de responsabilidade limitada, associados de cooperativas de transporte e sociedades, associações e fundações cuja receita operacional bruta ou renda anual ou anualizada seja de até R$ 2,4 milhões desde que sejam do segmento de transporte rodoviário de carga; e empresas arrendadoras.

Clique aqui para ler a íntegra da resolução.

Fonte: Agência CNT de Notícias




2 comentários em “Banco Central define condições de refinanciamento para transportadores

  • 04/11/2016 em 20:25
    Permalink

    Como posso refinanciar o meu caminhão

    Resposta
    • 07/11/2016 em 08:05
      Permalink

      Boa tarde caro Alex, pessoal noticia porem não informa que não existe a obrigatoriedade do banco em fazer o refinanciamento, ou seja, você somente poderá refinanciar se o banco o qual esta o seu contrato fizer, o único que conheço que faz é o BANCO DO BRASIL, demais como BRADESCO, ITAU e OUTROS não estão fazendo o refinanciamento.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *