Caminhoneiros organizam manifesto em Brasília e ameaçam paralisar rodovias dias 29 e 30




Greve-dos-Caminhoneiros1

800x150_blogodocaminhoneiro_02

O Projeto de Lei 528, idealizado pelos deputados Assis do Couto (PDT/PR) e Celso Maldaner (PMDB/SC) está paralisado nas comissões do Senado Federal. Em seu texto, consta o chamado “Piso Mínimo de Frete”, que permite ao Governo Federal a implantação mínima do frete em caráter obrigatório em todo território nacional. O objetivo é de que haja uma tabela mínima que favoreça o setor de transporte rodoviário e que cubra, no mínimo, o custo efetivo do frete.

Diante da procrastinação na tramitação e aprovação do projeto, o Movimento Independente União do TRC iniciou a convocação de todos os caminhoneiros, autônomos ou não, a aderirem o protesto previsto para os dias 29 e 30 de novembro de 2016, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.

O objetivo da manifestação é pressionar os deputados para que haja uma resposta urgente e favorável a reivindicação do setor. Em áudio, o vereador de Lucas do Rio Verde/MT, Gilson Baitaca, membro do Movimento Independente União do TRC, afirma que o protesto deverá acontecer de forma pacífica e ordeira em todo território nacional. De acordo com o vereador, o setor de transporte rodoviário exige uma tabela mínima que cubra os custos com o trabalho, não para lucratividade, mas para viabilizar a atividade.

Aos que não estiverem em Brasília na data marcada, o pedido é que estejam aderindo o protesto por meio de uma paralisação nas rodovias, atingindo assim, toda malha rodoviária do país. Os caminhoneiros que se manifestarem desta forma devem obedecer aos horários: das 07h às 11h e das 13h às 17h.

No áudio de convocação gravado no sábado (19/11), Baitaca afirma que as próprias instituições e associações não estariam cumprindo com o objetivo de defender a classe, pelo contrário, estariam usando os caminhoneiros como ‘moeda de troca’, termo empregado no discurso do empresário, portanto, medidas mais expressivas deveriam ser tomadas pelo setor de transporte rodoviário que, neste momento, estaria pagando para trabalhar.

Fonte: Cenário MT




60 comentários em “Caminhoneiros organizam manifesto em Brasília e ameaçam paralisar rodovias dias 29 e 30

  • 30/11/2016 em 18:01
    Permalink

    Eu acho engraçado. Eu ja parei faz 2 anos meu caminhão ta aqui na porta de casa com pneus bons e inteiro novinho eu sair pra ganhar uma miséria uma cesta básica não vou .quando chega no posto a comida dos caminhoneiros e um absurdo. Pra toma banho tem q paga pra para pra dormi tem q abastecer se não abastecer nos postos de toca pra fora os caminhoneiros são tratado pior q cachorros …os pedágio vc ja não ta ganhando ainda tem q pagar pedágio pra volta cadê o direito de ir e vim …mal temos pra comer um miojo na Estrada ainda tem essas Mérida de pedágio q paga até com os eixos erguidos e eu queria saber o que vcs acha de uma vida sofrida dessa a nossa família fica em casa a gente arriscando nossas vidas nas estrada pra levar os alimentos pra casa de cada um brasileiro e não temos apoio neim um q Brasil e esse veja quanto sobra no final do mes pra vc ter um caminhao bonito nas estada e digo outra o coitado dos caminhoneiro ja tão tu dos atolados de dívida q neim em casa pode chegar essas dívida não é de compra pra casa não é de conta pra manter o caminhão na Estrada ai quando vc vai carregar fala o q o nome ta sujo e não pode carregar mas rouba pode esse governo safado q roubam milhões e não fica preso 3 dias e sai milhonario isso é uma vergonha tinha q pegar cada um desse governo e levar eles um mês pra viajar junto dentro de um caminhão pra eles sentir na pele na verdade o salário deles tinha q ser dos caminhoneiros e como eles fica so no ar sentado tinha q ganhar 1.000 reais

    Resposta
  • 29/11/2016 em 09:24
    Permalink

    Bom dia ,

    Se vai parar eu não sei ,porem esta um desrespeito há categoria a mais de 5 anos sem reajuste e a inflação só subindo.

    deixamos nossas casas e nos ausentamos só para trocar dinheiro do bolso e dar lucros para os postos de combustíveis e as transportadora.

    Resposta
  • 22/11/2016 em 17:01
    Permalink

    É, uns dizem que não vão parar; outros dizem que vão… uma coisa é certa: TODOS, uma hora ou outra vão ter que PARAR, do jeito que vai a coisa. Se tem carga os custos são altos; se não tem cargas os custos continuam altos, e aí? Eu sou caminhoneiro autônomo e vou parar porque somos nós que carregamos o Brasil nas costas e ainda não somos ouvidos?! Nós temos que nos fazer ouvir: os fretes estão baixos, os custos estão altos e dessa maneira se não reinvindicar vamos todos QUEBRAR. Sem esquecer que a economia do Brasil anda sobre caminhões, somos SIM um elo importante na economia como um todo.

    Resposta
  • 22/11/2016 em 10:21
    Permalink

    Esse vereador de Luca deveria organizar uma paralisação por conta desse pedágio q rouba agt, pagamos pra andar em estrada sem segurança e buracos, qd foi pra afastar presidente ele apoiou e agora está caladinho, isso é uma vergonha!!!

    Resposta
  • 22/11/2016 em 08:55
    Permalink

    Na minha opinião já foi o tempo eles fala vão vamos par aí parava, hoje endia não tem mais aquela união de todos pararem ao mesmo tempo já foi o tempo! ! !

    Resposta
  • 22/11/2016 em 03:25
    Permalink

    Greve agora pra que? O problema nao é só tabela de frete, nao tem é carga. A safra foi ruim. Essa greve está sendo organizada por sindicatos que perderam a teta do Pt. Querem usar novamente a categoria como massa de manobra. Essa eu nao apoio e se tiver bloqueio por aqui eu furo. Quando era pra ter feito bonito o sindicato deixou todo mundo na mão e o Pt mandou multar e bater na gente. Essa agora é so pra tentar desestabilizar o governo. Já ta sem carga sem produção pra carregar. Fazer greve agora é besteira nao sejam usados novamente pelos sindicalistas safados o que eles querem é encher os próprios bolsos.

    Resposta
  • 22/11/2016 em 03:19
    Permalink

    Greve agora? Pra que? O problema e bem maior que só tabela de frete. Nao tem carga. Nao tem produção pra gente carregar a safra foi ruim. Essa greve é coisa de sindicalista safado que perdeu a teta do Pt. Tô fora essa eu nao apoio. E se tiver bloqueio por aqui eu furo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *