CNH Industrial apresenta novos programas de combustíveis alternativos

iveco-stralis-iaa-hanover

800x150_blogodocaminhoneiro_02

A CNH Industrial, em parceria com a Fiat Chrysler Automobiles (FCA), participou do Fuel Choices Summit de 2016, evento internacional promovido nos dias 2 e 3 de novembro, em Tel Aviv, Israel. As empresas apresentaram os resultados e as atualizações sobre suas atividades relacionadas ao Memorando de Entendimento (MoU), assinado em fevereiro de 2015 entre a FCA, a Iveco (marca da CNH Industrial), a Magneti Marelli (marca da FCA) e a Israel Fuel Choices Initiative (IFCI). O memorando estabelece uma cooperação entre as partes para desenvolver tecnologias alternativas de combustível e gás natural.

O governo israelense visa estabelecer o país como um centro de conhecimento de combustíveis alternativos e, para isso, criou a Fuel Choices Initiative, um programa nacional de combustíveis alternativos para meios de transporte que funciona como o catalisador para a redução da dependência mundial de petróleo.

O Fuel Choices Summit abordou e exibiu inovações em combustíveis alternativos e mobilidade inteligente, oferecendo uma plataforma de diálogo sobre as abordagens de meios de transporte mais avançadas do mundo para promover o ambicioso objetivo de Israel de reduzir em 60% o consumo de petróleo no país até 2025. A quarta edição anual do evento foi apresentada pelo primeiro-ministro de Israel e reuniu 1.500 participantes, 1.000 empresários, 300 convidados internacionais, 450 start-ups e vários cientistas, palestrantes e empresas automobilísticas e de energia de mais de 30 países.

A CNH Industrial coopera com a IFCI há 2 anos e tem o firme compromisso de reduzir o impacto ambiental do transporte rodoviário, uma das principais bases da política de sustentabilidade da empresa. Com uma linha que vai de caminhões e ônibus da Iveco e Iveco Bus, máquinas agrícolas e de construção da Case e da New Holland, a tecnologias de cadeia cinemática da FPT Industrial, a empresa é líder reconhecida pelo desenvolvimento, fabricação e distribuição de veículos a gás natural comprimido (GNC), gás natural liquefeito (GNL) e biometano.

Compromisso da CNH Industrial com veículos a gás natural

Pelas marcas Iveco, Iveco Bus e Heuliez Bus, a CNH Industrial é a líder do mercado europeu de veículos a gás natural, devido à tecnologia de cadeia cinemática alternativa desenvolvida pela marca FPT Industrial, especialista em motores industriais.

Desde 1996, a empresa e suas marcas desenvolvem a linha mais abrangente de veículos de transporte público híbridos, elétricos e movidos a GNC e GNL do mercado. Hoje, as marcas da CNH Industrial são líderes de participação no mercado de veículos movidos a combustíveis alternativos nas ruas da Europa, com uma frota ativa de mais de 16 mil veículos, dos quais 5,8 mil são dedicados ao transporte público. No ano passado, mais de 900 veículos a gás natural Iveco e Iveco Bus foram oferecidos aos clientes, e 25% das unidades de ônibus urbanos de piso baixo produzidas pela Iveco Bus na Europa eram movidas a gás natural.

Com mais de 25 anos de experiência e mais de 32 mil motores de GNC vendidos, a FPT Industrial é pioneira em soluções de gás natural para os mercados on-road e off-road. Além disso, a marca tem a maior linha de motores do mercado para uso on-road, sendo capaz de atender os pedidos de aplicações de veículos comerciais e ônibus.

Em Israel, a parceria com a Fuel Choices Initiative garantiu um resultado concreto no ano passado com o lançamento do primeiro veículo a gás natural no país: um caminhão pesado Iveco Stralis movido a GNC, que foi solicitado pelo Fridenson Group, uma das maiores empresas de logística de Israel. A transação foi realizada pela MCA, importadora exclusiva da Iveco em Israel, que também representa diversas marcas da FCA.

O gás natural é a porta de entrada para o gás de fontes renováveis, como o biometano, que é derivado do biogás refinado. O biometano pode reduzir as emissões de gás carbônico em até 100% sem realizar nenhuma alteração na rede de distribuição existente de gás natural nem nos veículos a gás natural disponíveis atualmente no mercado. A maior parte do portfólio de veículos comerciais e ônibus da CNH Industrial é ideal para rodar com biometano.

Nesse contexto, atualmente, a marca de máquinas agrícolas da CNH Industrial, a New Holland Agriculture, está testando o trator T6.140 Methane Power. Esse protótipo de segunda geração é um passo fundamental em direção ao conceito de Fazenda independente de energia, que trata da capacidade das fazendas produzirem energia a partir de fontes naturais — nesse caso, biomassa, que, por sua vez, fornecerá energia para as máquinas e a própria fazenda. Esse é outro conceito do futuro que poderia ser aplicado com sucesso em diversos cenários agrícolas mundiais, inclusive o setor agrícola israelense.

Novo Stralis Natural Power da Iveco

Em junho, a Iveco lançou o novo Stralis NP (Natural Power, Energia natural), movido a gás natural liquefeito e comprimido, o caminhão de transporte internacional mais sustentável da história. Ele traz o novo motor Cursor 9 Natural Power Euro 6 da FPT Industrial, o primeiro de sua categoria a oferecer a mesma potência e o mesmo torque que seu equivalente a diesel.

A versão movida somente a GNL do novo Stralis NP tem uma autonomia recorde de 1,5 mil km, que o torna o verdadeiro primeiro caminhão a gás do mercado a oferecer uma alternativa a veículos a diesel e o caminhão de transporte de longa distância mais sustentável de todos os tempos. Esse modelo foi apresentado, ao longo dos últimos meses, a clientes israelenses fundamentais, que expressaram sua admiração pela autonomia e energia extras do veículo.

Hoje, a Iveco está preparada para oferecer sua linha completa de veículos a gás natural em Israel, com uma rede de serviços estabelecida em conjunto com a MCA. No contexto de sistemas de transporte voltados para combustíveis alternativos, como o planejado pela Fuel Choices Initiative de Israel, o novo Stralis NP, juntamente com o portfólio completo de gás natural da Iveco, é a resposta perfeita para criar um sistema de transporte totalmente sustentável.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *