Melhor Logística aposta em transporte especializado para energia solar

melhor-logistica

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Com perspectiva de movimentar R$ 100 bi até 2030 e gerar 110 mil empregos antes do final de 2020, o setor de energia solar está em franca expansão no Brasil. Para contornar um gargalo do segmento, a Melhor Logística (www.melhorlogistica.com.br), empresa de manuseio e transporte de cargas sensíveis, desenvolveu um modelo específico para atender empresas do ramo. A opção reduz em até 15% os custos dos clientes com logística.

Batizado de Operação Logística Dedicada, o modelo funciona terceirizando a logística e pode incluir armazenagem e transporte ou apenas um dos dois. “Atendemos tanto distribuidoras dos componentes de sistemas de geração solar quanto os fabricantes que começam a surgir no Brasil”, conta Fábio Hernandes, CEO da Melhor Logística. “Mais importante ainda: garantimos que o trabalho seja feito por uma equipe que entende as especificidades do ramo”, completa.

Isso significa, por exemplo, ser capaz de transportar de maneira segura e garantir a entrega de cargas que são, ao mesmo tempo, pesadas e delicadas. Em uma simplificação, Hernandes compara um painel fotovoltaico a uma grande placa de vidro circundada por uma armação de alumínio e transportada em pallets de até 500 kg cada. “Além da dificuldade em certificar que o produto não sofra danos no manuseio, é preciso ter uma logística específica para a entrega no destino final”, explica o CEO.

Avaliados caso a caso, os contratos são calculados com base na análise dos gastos atuais e perspectivas futuras de cada cliente. A partir da otimização de processos, o preço final pode ficar entre 5% e 15% mais barato do que outras alternativas do mercado.

Além do modelo dedicado, a [www.melhologistica.com.br]Melhor Logística também presta serviços pontuais para o setor e recebe demandas de empresas de instalação dos sistemas e pessoas físicas. A companhia tem uma infraestrutura de rastreamento e agendamento de entregas que reduz possibilidades de desencontros e atrasos no transporte.

“Atualmente, fazemos entre cinco e dez entregas de produtos ligados a energia solar por dia e estimamos fechar o ano de 2016 com uma movimentação total de sistemas capazes de gerar cerca de 1 MWp”, diz Hernandes. Para o próximo ano, a perspectiva da empresa é aumentar este número para 2.5 MWp.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *