Randon começa entrega de estruturas para aeromóvel de Canoas




aeromovel

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Fabricante de soluções inovadoras para o transporte rodoviário e ferroviário de carga, a Randon S.A Implementos e Participações iniciou a entrega do primeiro lote de chassis para a Empresa Aeromóvel do Brasil, que responde pelo desenvolvimento e implantação, em Canoas (RS), deste meio de transporte urbano automatizado em via elevada com propulsão pneumática. Os chassis serão utilizados no projeto das unidades que atenderão os passageiros no trajeto de 4,6 quilômetros entre as sete estações compreendidas entre os bairros Guajuviras e Mathias Velho.

A participação da Randon neste projeto consiste na utilização de seu know-how na fabricação de estruturas metálicas, fruto de sua experiência da marca de mais de 400 mil produtos fabricados em sua história, fornecendo os chassis que sustentarão o veículo. As estruturas serão produzidas na planta de Caxias do Sul e fabricadas através dos mesmos processos de manufatura utilizados para os chassis dos implementos rodoviários e vagões ferroviários.

Os produtos têm suas vigas e peças cortadas no sistema de corte térmico (plasma e laser), permitindo uma grande flexibilidade de design para o produto e alta precisão no corte. As vigas são montadas em gabaritos desenvolvidos internamente pela área de engenharia de processos da Randon Implementos, que conta com alto nível de tecnologia e automação. Após a montagem as vigas são soldadas na célula robotizada de vigas que utiliza a soldagem de duplo arame (processo MIG/MAG), que alia as vantagens da versatilidade e qualidade da junta soldado com uma altíssima produtividade através da utilização de dois arames. O seguidor de juntas a laser é outro destaque deste processo conferindo capacidade de trabalhar com diferentes formatos de vigas.

Outro diferencial é o processo de acabamento de superfície através da tecnologia Duratech, uma pintura e-coat que abrange as seguintes etapas: preparação da superfície do chassi através do jateamento automático em granalha de aço; pré-tratamento para a remoção de todos os contaminantes, como óleos/graxas e sólidos, da superfície dos chassis e das peças, conferindo eficiente aderência para receber a proteção E-coat – eletroforética; imersão dos chassis nos tanques onde os mesmos recebem a cobertura E-coat que oferece maior resistência à corrosão e maior vida útil, além de ser livre de metais pesados; por fim, os chassis recebem uma segunda cobertura de acabamento a pó, denominada Top-coat.

Fonte: Divulgação




Um comentário em “Randon começa entrega de estruturas para aeromóvel de Canoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *