Seis dicas para preparar a logística para o final do ano




logistica - carregando caminhao

800x150_blogodocaminhoneiro_02

Mesmo em um cenário de retração econômica no País, o período de festas natalinas pode representar uma ótima oportunidade para as empresas atraírem clientes e maximizarem seus lucros. Diversos setores da economia, assim como alimentos e bebidas e o varejo, em geral, tendem a ter um pico de vendas neste período do ano exigindo maior agilidade na reposição de estoques.

Por isso, é preciso preparar a casa para atender a demanda crescente de consumo. Neste contexto, fatores como uma logística bem estruturada, o tempo de entrega, bem como a disponibilidade do produto no estoque ou no ponto de venda são fundamentais para o sucesso dos negócios.

Atuando com a máxima de “fazer mais com menos, mantendo a qualidade e o nível de serviço”, a Intecom Logística, integrador logístico com mais de 15 anos de expertise em distribuição, armazenagem e estratégia em toda a cadeia de suprimentos, trabalha com a metodologia de otimização da rede logística, para levar eficiência aos clientes, a um custo competitivo. “O final do ano é um período em que toda a cadeia logística trabalha em ritmo mais acelerado e requer atenção das empresas para aproveitar essa fase oportuna e de vendas alavancadas. Ter um parceiro como a Intecom, pode fazer toda a diferença”, afima Rodrigo Boniaris, gerente comercial da Intecom Logística.

De acordo com ele, devido ao maior fluxo de vendas esperado, é preciso ajustar e criar processos ágeis com antecedência. Neste sentido, confira dicas do executivo da Intecom Logística que a sua empresa já deve adotar para ter um bom planejamento logístico neste fim do ano e alcançar maior rentabilidade:

1 – Identifique pontos de melhoria e eficiência

É preciso ter uma visão 360 graus da cadeia logística para criar processos ágeis. Avalie cada etapa da cadeia logística que pode ter algum tipo de aperfeiçoamento. Trabalhar com processos manuais, utilizando planilhas e cadernos, é um grande erro. Busque sempre oportunidades para saná-los.

2 – Prepare o estoque

Com a tendência de aumento de vendas no fim do ano, é recomendável trabalhar com um estoque mais adequado para conseguir atender a demanda dentro do prazo. Comece desde já o seu planejamento, mas cuidado, produtos parados em estoque geram gastos desnecessários. Sendo assim, busque indicadores confiáveis para dimensionar o seu estoque. Você também pode ganhar eficiência otimizando a utilização do espaço disponível no centro de distribuição, elaborando um bom mapeamento das regiões de armazenagem.

3 – Tenha assertividade na entrega

Entregas de fim de ano geralmente contam com um prazo apertado. Desta maneira, trabalhar com um integrador logístico pode ajudá-lo a planejar a distribuição em tempo real para as mais diversas regiões do País, evitando gastos desnecessários e otimizando custos.

4 – Não deixe faltar produtos no ponto de venda

Em tempos de demanda elevada, é recomendável que o nível de ruptura (que mede a falta de produtos no ponto de venda) seja baixo. O correto é repor o produto nas gôndolas, quase que diariamente, de acordo com a necessidade. Neste sentido, a Intecom conta com um sistema de gerenciamento de armazém, que propicia empregar técnicas como o Flow-Through, reduzindo custos e possibilitando todo o suprimento dos produtos nas lojas.

5 – Acompanhe os indicadores

Por meio de tecnologia e de suportes tecnológicos de última geração, cada etapa da armazenagem e distribuição da carga pode ser acompanhada em tempo real. Além disso, a tecnologia pode apoiar na elaboração de um melhor planejamento. Na Intecom Logística, as mais modernas ferramentas tecnológicas suprem os clientes de informações estratégicas para a tomada de decisão.

6 – Aproveite o aumento da demanda

Revisar processos logísticos nunca é tempo perdido. Erros nesta área podem impactar negativamente os resultados finais da sua empresa. Por isso, não deixe para ajustar a cadeia logística da sua empresa na última hora e saiba aproveitar o momento oportuno do mercado.

Fonte: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *