Coluna Mecânica Online – Marcas do que se foi, sonhos que vamos ter – Parte 1




Todos os anos surge a música que nos faz lembrar dos momentos que passamos, recordamos agora e vamos sonhar no futuro que se aproxima. É mais um ano que vai ficando na lembrança e deixando suas marcas na história. E não é diferente quando o assunto é automóvel, quais as marcas que ficamos e quais os sonhos que vamos ter em 2017?

Acompanhamos de perto os principais momentos de um ano difícil para o mercado como um todo, com fortes quedas nas vendas de caminhões e também de automóveis, mas a indústria sempre manteve seu otimismo para conquistar novos e mais consumidores, onde o Salão do Automóvel foi o grande momento de confirmar essa vontade.

A Mercedes-Benz do Brasil que no início do ano apresentou seus novos SUVs GLC e GLE Coupé, mostrou suas esperanças no Brasil ao completar 60 anos de presença em nosso mercado com a inauguração de uma fábrica em Iracemapólis, SP. A Sprinter também ganhou atualização, mas uma evolução completa ficou por conta do novíssimo Classe E.

O modelo marca a apresentação mundial de diversas inovações técnicas. Elas proporcionam uma condução confortável e segura, com uma nova dimensão na assistência ao condutor. Sistemas de informação, entretenimento e controle integram o conceito Intelligent Drive e oferecem uma experiência de condução semiautônoma, que já poderiam fazer parte dos sonhos que vamos ter, transformando o futuro em realidade.

Da mesma forma são exemplares a carroceria de baixo peso e os números recordes na aerodinâmica, que estabelecem os padrões de eficiência. A soma dessas inovações torna o Classe E o sedã mais inteligente do segmento.

A Honda apresentou no Brasil o Novo Civic Geração 10. A maior e mais extensa renovação do modelo em toda sua história resultou na criação de um automóvel mais sofisticado, espaçoso, seguro e tecnológico, com eficiência e desempenho.

Mais uma vez observamos que o futuro já se mistura com o presente. Ao desenvolver o novo Civic, os designers e engenheiros da Honda tinham como objetivo entregar um sedã mais esportivo e premium, que resgatasse as proporções mais agressivas e o porte mais atlético das gerações anteriores, com um claro avanço do design para o futuro. Eles conseguiram. O modelo é destaque por onde passa.

E nossas ruas realmente ficaram mais futuristas! Logo no início do ano a picape Fiat Toro chega esbanjando não apenas em design, mas em tecnologias, itens de série e acabamento. O sucesso toma as ruas brasileiras e “rouba” clientes de outros segmentos.

O Mobi também é uma das marcas de 2016. O subcompacto bem que tentou ser revelação, pegando carona na picape, mas não foi bem de crítica. Inicialmente com motorização quatro cilindros, apenas em novembro passa a ser oferecido com uma motorização renovada e muito mais eficiente, com três cilindros e inovações.

O Uno 2017 foi escolhido para estrear a nova família global de motores FIREFLY da FCA, com versões 1.0 três cilindros e 1.3 quatro cilindros. Pequenos mas poderosos, eles oferecem o maior torque de seus respectivos segmentos aliado a baixo consumo de combustível, além de reduzido nível de emissões.

Continuando falando sobre a FCA, a pernambucana Jeep revela um novo modelo global que faz estreia em primeira mão no mercado brasileiro. Veículo nacional mais tecnológico, o Jeep Compass traz itens de segurança como controle de velocidade adaptativo e alerta de colisão com frenagem automática.

Os motores 2.0 Tigershark (flex) e 2.0 Multijet II (único diesel no segmento) trazem força e eficiência, aliados a câmbio automático de 6 ou 9 marchas, que podem combinar com a capacidade off-road sem igual no segmento com o avançado sistema de tração 4×4 Jeep Active Drive Low. A boa relação entre custo e benefícios já resultam em filas de espera para o modelo.

A Volkswagen manteve sua trajetória de renovação e principalmente conectividade. Novo Gol e Novo Voyage passam a ser equipados com a família de motores mais moderna do mercado brasileiro; o motor 1.0l de três cilindros Total Flex, da família EA211, muito mais eficiente em termos de performance e economia de combustível, com melhora na eficiência energética de até 11%.

A nova Saveiro é a primeira de sua categoria com controles eletrônicos de estabilidade (ESC) e de tração (ASR), freios ABS com função off-road e controle de partida em rampa (hill hold) que proporciona mais prazer ao dirigir; freio a disco nas quatro rodas é uma exclusividade no segmento e garante muito mais precisão e segurança na frenagem.

Mas a revolução realmente acontece com o lançamento do Golf Comfortline com motor TSI Total Flex de 125 cv (92 kW) e torque de 200 Nm (20,4 kgfm), combinando com o câmbio de 6 marchas. Modelo é equipado com Controle de Estabilidade (ESC) e traz recursos como o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão e 7 airbags. Mais da metade do portfólio da Volkswagen no Brasil conta com a tecnologia TSI.

O segmento de sedãs realmente foi animado em 2016. A Chevrolet lançou a segunda geração do Cruze. Maior, mais leve e completo, conta com a opção do inédito motor turbo Flex com injeção direta e Stop/Start, que une a potência específica de modelos esportivos e o baixo consumo de combustível de compactos populares.

Modelo traz sistemas semi-autônomos de auxílio à condução em manobras de estacionamento e em casos de saída involuntária de faixa; lista de itens de segurança agora inclui alerta de colisão e de ponto cego.

Atual líder na venda de automóveis no Brasil, a Chevrolet manteve seu ritmo constante de atualização de produtos – considerando design e tecnologia. Em aproximadamente seis meses, foram meia dúzia de lançamentos: Novo Cabalt, Nova S10, Novo Trailblazer, Novo Cruze, Novo Onix e Novo Prisma. Não é fácil “mexer” em time que está ganhando, mas a marca foi feliz em suas alterações.

Design do Onix foi atualizado seguindo a atual linguagem global da marca, com mudanças significativas na dianteira, traseira e no interior do carro. Entre as novidades o modelo ganhou direção elétrica, OnStar, MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, sensor de estacionamento, faróis com LED, monitoramento da pressão dos pneus, entre outros.

A nova geração de motores, transmissão de seis marchas, pneus verdes e novos conjuntos de suspensão e de freios compõem o sistema ECO e resultaram na economia no consumo de combustível próximo de 18%, segundo dados da própria Chevrolet.

A Ford lançou no Brasil a Nova Ranger, introduzindo a linha também vendida na Europa, Ásia e outros mercados. O modelo é a primeira do segmento a vir com cinco anos de garantia. Além de design imponente, com nova grade e faróis, a Ranger ganhou um interior mais requintado e tecnologias inéditas de assistência ao motorista, como piloto automático adaptativo e alerta de colisão.

Mecânica passou por avanços nos motores 2.2 e 3.2 Diesel e 2.5 Flex, direção elétrica e controle eletrônico de estabilidade de série.

Mas talvez uma das grandes e boas novidades no mercado, principalmente para quem procura uma interessante relação entre investimento e tecnologias no mercado automotiva, combinando o futuro com o presente foi o lançamento do Fusion 2017, um carro com inteligência, performance e design marcados pela esportividade e acabamento interno de muita elegância. No Brasil o modelo é oferecido nas versões turbo EcoBoost de 248 cv e com motor flexível.

O novo Fusion é o primeiro da categoria a oferecer assistente de frenagem autônoma com detecção de pedestres, sistema operado por radar e sensores que ajuda a evitar atropelamentos e colisões. Tem ainda piloto automático adaptativo com “stop and go”, alerta de colisão com assistência de frenagem autônoma e estacionamento automático de segunda geração. Outro avanço é novo sistema de conectividade SYNC 3 com tela de 8 polegadas e acesso a Apple CarPlay e Android Auto.

As novidades incluem ainda a grade dianteira redesenhada com sistema de fechamento ativo, sistema similar ao usado nos carros de corrida para melhorar a refrigeração do motor e a aerodinâmica, faróis Full LED, lanternas traseiras amplas e rodas de 18 polegadas.

Também referência em carros automáticos, o Fusion traz o seletor E-shifter no lugar da tradicional alavanca de câmbio.

O ano já vai terminando, então vamos dividir o texto para manter a qualidade e começar 2017 falando do passado, mas sem nunca perder as perspectivas de futuro e presentes melhores. Um ótimo ano novo para todos nós e voltamos a nos encontrar no próximo dia 10! “Marcas do que se foi / Sonhos que vamos ter / Como todo dia nasce / Novo em cada amanhecer.


Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!