Família de motorista que morreu em um acidente de trânsito será indenizada




A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a responsabilidade de uma empresa sobre acidente que causou morte de um motorista de caminhão. A família procurou a Justiça Trabalhista pedindo danos morais. No Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, o pedido foi negado.

Segundo o processo, o motorista dirigia o caminhão da empresa, quando sofreu um acidente de transito, resultando em sua morte. Mas, o regional, com base em um inquérito policial, entendeu que o motorista foi culpado pelo ocorrido.

No recurso ao TST, de acordo com relator do caso, ministro José Roberto Freire Pimenta, a culpa de terceiros não afasta a responsabilidade civil da empresa empregadora, principalmente por se tratar de um motorista profissional, categoria classificada como de risco acentuado. A decisão foi unânime.

Nesse momento, o processo volta à instância de origem para fixar o valor da indenização que será destinada à família. A empresa já recorreu, mas aguarda julgamento.

Inscreva-se




4 comentários em “Família de motorista que morreu em um acidente de trânsito será indenizada

Deixe sua opinião sobre o assunto!