Caminhoneiros mantem bloqueios em rodovias no nono dia de greve




Em protesto contra o aumento do combustível, caminhoneiros bloquearam na manhã desta quarta-feira (9) trechos da BR-163, em Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e em Sorriso, municípios da região Norte do estado, e da BR-158, em Vila Rica, a 1.276 km de Cuiabá. Segundo a Rota do Oeste, que detém a concessão da BR-163, três trechos da rodovia foram interditados pelos manifestantes.

Em Lucas do Rio Verde, o km 686 da BR-163 está bloqueado desde as 6h40. A interdição em Nova Mutum é feita no trecho do km 599 e em Sorriso, no km 747. Porém, segundo a concessionária, em Nova Mutum a pista foi liberada temporariamente.

No entanto, os caminhoneiros estão permitindo a passagem de veículos de passeio, ônibus, ambulâncias e carregados com carga viva ou perecíveis.

Esse é o 9º dia de protesto em Mato Grosso contra a medida do governo federal em aumentar consideravelmente o preço do combustível. A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro. Com isso, a tributação mais que dobrou.

A tribuntação sobre o diesel subiu R$ 0,21 e ficou em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subiu R$ 0,20 por litro. Mas em Cuiabá, logo após o decreto entrar em vigor, o aumento foi bem maior. O preço do litro da gasolina aumentou até R$ 0,60 em alguns postos de combustível em Cuiabá.

O decreto chegou a ser suspenso por um juiz da 20ª Vara Federal de Brasília em 25 de julho. A Advocacia Geral da União recorreu e, no dia seguinte, o Tribunal Regional Federal (TRF-1) anulou a decisão que suspendia o aumento.

Fonte: TV Centro América

Inscreva-se




55 comentários em “Caminhoneiros mantem bloqueios em rodovias no nono dia de greve

Deixe sua opinião sobre o assunto!