Coluna Mecânica Online – Ônibus: tecnologias para redução do consumo de combustível e de emissões




Quem pensa que o trabalho da engenharia está apenas nos automóveis se engana. Uma das áreas mais importante é o transporte de passageiros, com empresas buscando soluções para oferecer melhor eficiência energética, redução na emissão de poluentes e melhor qualidade do ar.

Novas tecnologias são responsáveis por muitos dos itens que reduzem o consumo de combustível, otimizando o custo operacional para as empresas.

E a Mercedes-Benz segue como uma das marcas mais incentivadoras de produtos com esse alinhamento tecnológico e introduz avançadas tecnologias para os chassis de ônibus da marca.

Já a partir desse mês estará disponível no País o sistema de desligamento automático do motor e, a partir do início de 2018, o inédito módulo de recuperação de energia elétrica, que asseguram mais rentabilidade para as empresas de ônibus.

Com esses dois lançamentos a linha de ônibus da Mercedes-Benz passa a ser uma das mais tecnológicas do Brasil, destacando-se, por exemplo, por 18 avançados itens que garantem um elevado padrão de desempenho, economia, conforto e segurança no transporte de passageiros.

EIS – sistema de desligamento automático do motor – Toda a linha de chassis de ônibus urbanos e rodoviários da Mercedes-Benz será equipada, como item de série, com o EIS (Engine Idle Shutdown), inovador sistema de desligamento automático do motor para o segmento de ônibus.

Se o ônibus está parado, porém com motor ligado, câmbio no ponto morto e freio de mão acionado, numa situação que perdure por um longo período – por exemplo, 4 minutos – sem que o motorista acelere o veículo ou acione o freio de serviço, o sistema entra em ação e automaticamente desliga o motor.

A introdução dessa tecnologia atende a uma demanda crescente das empresas de transporte de passageiros pela redução dos custos operacionais. O sistema EIS, por exemplo, é utilizado com amplo sucesso em ônibus Mercedes-Benz na Europa.

RKM – sistema de recuperação de energia elétrica – Recurso também utilizado nos ônibus Mercedes-Benz na Europa, o sistema de recuperação de energia elétrica RKM estará disponível no Brasil, inicialmente, para os chassis de ônibus articulados e superarticulados da linha O 500, bem como para os modelos O 500 U e M.

O gerenciamento inteligente do RKM aproveita a reserva de capacidade de energia elétrica produzida pelos alternadores do veículo, principalmente nos momentos de desaceleração, e a armazena em potentes super capacitores, que atuam de modo autônomo. A energia elétrica armazenada é utilizada como fonte adicional durante os momentos de aceleração do ônibus.

Nos testes realizados pela Engenharia de Desenvolvimento da Mercedes-Benz foram registradas economias médias de cerca de 2%.

Malagrine

Os super capacitores são extremamente eficientes e funcionam com baixa tensão de 24 V. Uma grande vantagem na utilização dessa tecnologia é a rápida recarga desses super capacitores. Com isso, a energia elétrica armazenada pode ser aproveitada imediatamente por qualquer componente que consuma energia, de acordo com a operação do veículo.

Entre as características mais importantes desta tecnologia inovadora também se destaca um benefício para as baterias e os alternadores do veículo, com o prolongamento da vida útil desses componentes. E além da redução do consumo de combustível, o RKM assegura diminuição nas emissões de CO2 (Dióxido de Carbono).

Tecnologias que oferecem vantagens em custo operacional

·         EIS – sistema de desligamento automático do motor: reduz o consumo de combustível

·         RKM – sistema de recuperação de energia elétrica: reduz o consumo de combustível

·         Mercedes PowerShift – câmbio automatizado: reduz o consumo de combustível

·         Top-Brake – freio-motor auxiliar: economiza combustível e diminui o desgaste dos componentes do sistema de freio

·         Retarder – sistema auxiliar de freio: diminui o desgaste dos componentes do sistema de freio

·         TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) – sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus: aumenta a vida útil e melhora a eficiência no consumo de combustível

Tecnologias que oferecem vantagens em segurança

·         AEBS (Advanced Emergency Braking System) – sistema de frenagem de emergência

·         LDWS (Lane Departure Warning System) – sistema de aviso de faixa

·         TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) – sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus: aumenta a segurança na via

·         Retarder – sistema auxiliar de freio

·         Top-Brake – freio-motor auxiliar

·         ABS – sistema anti-travamento

·         ASR – sistema de controle de tração

·         EBS – sistema eletrônico de freios

·         ECAS – suspensão pneumática controlada eletronicamente

·         ESP – controle eletrônico de estabilidade

·         Freio a disco

·         Sistema anti-tombamento

·         Eixo ERA direcional: maior estabilidade

Tecnologias que oferecem vantagens em conforto para o motorista

·         Mercedes PowerShift – câmbio automatizado

·         Câmbio automático Ecolife

·         Piloto automático

·         ECAS – suspensão pneumática controlada eletronicamente.


Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!