Justiça determina que motoristas em greve retirem caminhões-cegonha estacionados no Centro do Recife




O juiz Lúcio Grassi Gouveia, da 8ª Vara da Fazenda Pública, determinou em caráter liminar a retirada das dezenas de caminhões-cegonha que estão estacionados no Centro do Recife. A decisão atende a um pedido da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) e da Procuradoria Geral do Município do Recife, desta quarta-feira (9).

Os veículos começaram a ser estacionados, em forma de protesto, no dia 31 de julho. A determinação do juiz prevê multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento da decisão, além de autorização da utilização de uso de força policial, se necessário.

Na decisão, o juiz aponta que o protesto dos cegonheiros vem causando “inúmeros transtornos e dificultando a locomoção de pedestres, ciclistas, transporte coletivo, veículos e a população em geral, em detrimento da ordem pública e da regular ocupação do espaço urbano”.

A determinação é dirigida ao Sindicato dos Transportadores Autônomos e Micro Empresas de Veículos Congêneres do Estado de Pernambuco Cegonheiros (SINTRAVEIC-PE) e a 40 proprietários dos caminhões-cegonhas identificados por meio das placas dos veículos.

A decisão é baseada na Lei Municipal nº 18.133/15, que disciplina os serviços de carga e descarga no Recife, e tambémno Código de Trânsito Brasileiro e “nas competências constitucionais dos entes autores em para promover a adequada ocupação do solo urbano, proteção do patrimônio público e no próprio cumprimento das leis e normas constitucionais”.

Protesto

Os caminhões foram estacionados nos arredores da Praça da República, na Avenida Martins de Barros, na Rua do Imperador, no Cais de Santa Rita e nas Pontes Maurício de Nassau, Buarque de Macedo e Princesa Isabel.

Existe uma disputa entre dois grupos pelo comando da categoria. O Sintraveic-PE tem sede em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. O outro fica em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e teve origem em Minas Gerais.

O presidente do Sintraveic-PE, Milton de Freitas, informou em julho que, por causa dessa disputa, o caso foi parar na Justiça. As notificações judiciais deixaram de ser enviadas para Goiana e passaram a chegar ao prédio do grupo, em Jaboatão. Por isso, segundo o Sintraveic-PE, a entidade perdeu prazos e teve prejuízo em ações.

Fonte: G1




21 comentários em “Justiça determina que motoristas em greve retirem caminhões-cegonha estacionados no Centro do Recife

  • 11/08/2017 em 11:28
    Permalink

    Nossa agora mesmo que deveriam parar tudo essa merda ,se os motoristas trancam a rua não pode e agora nem estacionado pode mais isso é mais do que ditadura é escravidão pura .

    Resposta
  • 10/08/2017 em 19:03
    Permalink

    Todos em Marcelo menos nos que não temos valor nem um em tinha colocar os sem terra os índios todos esses ladrão safados pra carregar todas as cargas do Brasil nas costas esses filas da puta principalmente essa cambada de políticos ladrão safados

    Resposta
  • 10/08/2017 em 14:49
    Permalink

    E quando é mesmo que a justiça vai determinar que esse bando de políticos, corruptos e ladrões vá para a cadeia? Passou da hora!! #SóAcho

    Resposta
  • 10/08/2017 em 14:44
    Permalink

    O MST pode bloquear invadir depedrar, mas tudo bem ne , os podres não produzem nada , agora os caminhoneiros, que fazem o país andar que se ferrem , até quando vai ser desta maneira …..

    Resposta
  • 10/08/2017 em 11:40
    Permalink

    Esta greve esta fraca e mostrando que a classe e muito desunida torsso para que o litro de oleo diesil suba para 50.00 reais o frete baixe quero ver os autonamos tudo parado quem esta acabando com e as transportadoras o oleo sobe eles repasam automaticamente para os clientes nao repasam para os camioneiros hoje eles ficam com sesenta porcento do frete ver quando fazemos greve se as transportadoras param temos que botar fogo nos caminhoes de transportadoras rebanho de empresarios safados.

    Resposta
  • 10/08/2017 em 14:36
    Permalink

    Todo mundo pode fechar as Br até político ladrão, Sem terra, vagabundo querendo rouba quem tá trabalhando mais o caminhoneiro como não faz parte da sociedade é chamado de vagabundo e hostilizado por todos e não pode renvidicar os nossos direitos.que que país é esse.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!