Máquinas econômicas reduzem em até 20% o gasto com combustível no campo




A economia com o combustível se tornou um fator determinante para o sucesso da produção agrícola. O gasto com o óleo diesel representa 30% do custo total da produção, isso significa que quase a metade do que o produtor gasta está concentrado no líquido derivado do petróleo. Segundo o engenheiro mecânico, Fernando Lanfredi, a saída para o homem do campo é focar na aquisição de máquinas econômicas que estejam alinhadas à alta tecnologia.

“O que tem chamado a atenção do produtor rural são as opções de tratores que dispõem de tecnologia turbo-intercooler, que proporciona maior eficiência e economia de combustível”, explica o engenheiro.

Segundo ele, o turbo aumenta a potência do motor, ainda que seja de menor cilindrada, exigindo menos da peça e assim economizando o combustível. O intercooler, por sua vez, resfria o ar que sai da turbina e o manda de novo para o motor pra ser reutilizado. “O intercooler serve principalmente para resfriar o ar, e com isso protege o equipamento, dando a ele mais vida útil do que teria com o turbo sem intercooler, por exemplo. Indiretamente, isso também entrega mais potência, pois a combustão com o ar frio é melhor, uma vez que este é mais denso”, detalha Fernando.

Waldelon Alves Gomes é um exemplo de agricultor que optou pelo menor custo. Ele produz variadas culturas no município de Indiara, em Goiás, e garante que a função turbo-intercooler é um diferencial na produção. “Eu trabalho com tratores que vão de 75 a 225 cavalos, e os mais novos que eu adquiri, todos têm essa tecnologia. O intercooler aumenta a potência e melhora explosão do motor”, explica ele.

Para o produtor o mínimo de economia conquistada no campo tem resultado expressivo no final do mês. “Nós trabalhamos em busca de maior produtividade com menor custo, pois é isso que garante uma receita final positiva, e ter máquinas que possibilitam esse resultado é de extrema importância para a categoria”, diz.

Mercado brasileiro

Fernando Lanfredi, que também é gerente de pós-vendas da FMB Máquinas e Implementos, ressalta que a empresa procurou atender os anseios dos produtores e trouxe para o mercado brasileiro uma marca com os requisitos exigidos. “Apresentamos ao Brasil os tratores da marca Farmtrac que, atualmente, tem se destacado por oferecer máquinas altamente econômicas”, diz.

Ele explica que os tratores Farmtrac proporcionam redução média de 15% no consumo de combustível. “Nossos tratores são fornecidos ao cliente com o ‘kit fazendeiro’ que contém peças de manutenção para até 1000h do trator, isso reduz os gastos de manutenção, nos quais o proprietário terá somente os custos de lubrificantes e mão-de-obra”, fala.

Fernando lembra também que os tratores Farmtrac oferecem aos agricultores o menor custo de manutenção entre os tratores da categoria. As máquinas podem utilizar o óleo diesel S500 em seu motor, que já representa um custo menor ao produtor, juntamente com a tecnologia turbo-intercooler na categoria de 60cv a 90cv. “Em testes comparativos a outros tratores verificamos uma economia de combustível de 10% a 20%”, revela.

O engenheiro relata ainda que os tratores podem ser aplicados em qualquer tipo de cultura como na produção de hortaliças, fruticultura, suporte para pecuária de leite e corte, preparo de lavoura para grãos, atendendo principalmente pequenos e médios produtores rurais.

Fonte: Grupo Cultivar




Deixe sua opinião sobre o assunto!