Espanha tem caminhões parados por falta de motoristas




A falta de profissionais dispostos a sentar-se ao volante de um caminhão, especialmente para rotas internacionais, é um problema cada vez maior na Europa, especialmente na Espanha. O país galego tem cerca de 20 mil caminhões registrados, e centenas deles estão parados nas garagens por falta de mão-de-obra.

De acordo com o jornal A Voz de Galicia, muitas empresas não estão vendo saída, a não ser parar a frota por falta de caminhoneiros. Com isso, o custo dos fretes tem subido, pois a demanda pelo transporte é maior que o número de caminhões rodando.

De acordo com as entidades que representam os caminhoneiros na Espanha, como a Fegatramer, o salário e as condições de trabalho são os principais motivos que afastam os motoristas. Em rotas internacionais, os caminhoneiros passam, em média, 18 dias fora de casa, trabalhando direto.

 

Para reduzir o problema, as empresas espanholas estão contratando motoristas do Leste Europeu e também de Marrocos. Antes, na Espanha, apenas os motoristas espanhóis e alguns poucos portugueses supriam todos os postos de trabalho.

Inscreva-se




31 comentários em “Espanha tem caminhões parados por falta de motoristas

Deixe sua opinião sobre o assunto!